1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Apple bateria iphone

 

A Apple chegou a um acordo para finalizar o caso que ficou conhecido como “Batterygate”, tendo pago mais de 113 milhões de dólares para tal.

 

Segundo avança o WSJ, a empresa optou por chegar a um acordo para o pagamento derivado do caso, que tinha sido inicialmente lançado numa ação conjunta de diversos indivíduos em mais de 34 estados norte-americanos. Em causa encontrava-se o facto da Apple reduzir o desempenho dos modelos mais antigos do iPhone com o passar do tempo e conforme a qualidade da bateria fosse reduzindo.

 

Além da multa agora aplicada, a Apple terá ainda de passar a fornecer informação clara sobre como gere a saúde das baterias e a gestão de desempenho dos equipamentos, tanto online como nos próprios dispositivos, de forma a que os consumidores possam ser informados da prática.

 

O caso começou a ganhar destaque em 2017, quando a Apple foi acusada de diminuir o desempenho dos modelos mais antigos da empresa quando uma nova versão do iOS era lançada – e sobretudo nos equipamentos mais antigos do mercado, claramente para “obrigar” os consumidores a comprarem versões mais recentes.

Em dezembro do mesmo ano, e depois de muita pressão mediática, a Apple admitiu realizar esta prática como forma de garantir a autonomia dos dispositivos – à custa de desempenho em geral para o sistema.

 

Esta não é a primeira multa aplicada sobre o caso. Em março deste ano a empresa também chegou a um acordo com outro caso em andamento nos tribunais pelo valor de 500 milhões de dólares, além de uma multa por parte das autoridades reguladoras em França de 25 milhões.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech