1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Avião no ar

 

As tecnologias 5G encontram-se rapidamente a expandir em diversos mercados, com foco em fornecer aos utilizadores acesso à nova geração de redes, e a ainda mais velocidade na transmissão de dados.

 

No entanto, a Federal Aviation Administration (FAA) deixa agora alguns pontos importantes a ter em consideração, relacionados com o uso do 5G e os instrumentos de aviação atualmente em uso por diversas companhias aéreas a nível mundial.

De acordo com um relatório publicado pela FAA em Novembro, esta alerta para algumas preocupações relacionadas com as redes 5G, e na forma como estas podem afetar os instrumentos de aviação.

 

Derivado das frequências usadas neste género de redes, existe a possibilidade de as mesmas causarem interferências sobre outros equipamentos eletrónicos que usem a mesma frequência dentro das aeronaves, levando a informações incorretas fornecidas para os pilotos.

 

No entanto, a Cellular Telecommunications Industry Association (CTIA), entidade que gere as frequências e comunicações sem fios nos EUA, afirma que este relatório possui graves falhas e lacunas que não possuem em conta o funcionamento das rede 5G.

A CTIA afirma que redes 5G já se encontram em funcionamento em mais de 40 países, incluindo nos próprios EUA, e que até ao momento desconhecem-se casos relacionados com interferência das redes sobre os equipamentos de aviação.

 

Meredith Attwell Baker, CEO e presidente da CTIA, afirma que vários países operam em frequências de 5G adjacentes ao que se encontra nos equipamentos de aviação, e que existem companhias aéreas que se deslocam para os mesmos todos os dias. Caso existisse a possibilidade de interferências, as mesmas já teriam sido notadas atualmente.

 

De notar que a grande maioria das aeronaves contam com sistemas redundantes para fornecerem a informação aos pilotos, sobretudo informação importante como a altura, velocidade, localização, entre outros. Ainda assim, várias operadoras a nível mundial têm vindo a realizar ajustes sobre as suas antenas de distribuição 5G, com o objetivo de reduzir o possível impacto para o tráfego aéreo.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech