1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.


Desde quarta-feira que vários sites espanhóis estão a ser visados por um ataque informático massivo que tem como alvo os principais apoiantes e dinamizadores das políticas anti-pirataria, nomeadamente das que estão em marcha em Espanha.

No país, as páginas das associações de autores e editores, das produtoras de música e do Ministério da Cultura sucumbiram aos ataques de negação de serviço 119 vezes, o que resultou num total de mais de 68 horas "em baixo".

Os números são avançado esta manhã pelo El País, que se baseia nas estimativas da Panda Software, cuja monitorização indicou ainda que a única página que continuava afectada ao início da manhã de hoje era a da Sociedad General de Autores y Editores (SGAE) - a mais "castigada" pelos activistas, contabilizando um total de 41 horas de problemas devidos aos ataques de DoS.

De acordo com a mesma fonte, a onda de solicitações massivas (e propositadas) que deixou as páginas sem capacidade de resposta e fez com que estas ficassem offline, surge na sequência de um ataque iniciado há cerca de 20 dias. Este visou sites nos Estados Unidos, India e Reino Unido, saldando-se em 742 "interrupções de serviço" de 11 organizações e empresas. No total terão sido contabilizadas cerca de 550 horas offline (entre os vários visados).

Por detrás da organização dos ataques estará a associação Anonymous, que descarta a classificação da acção como "cibercrime", uma vez que não há qualquer objectivo económico subjacente, afirmando que "o único crime é a percentagem que os artistas cobram pelos downloads comerciais", lê-se no artigo publicado pelo jornal espanhol. Um porta-voz da associação deixou o aviso de novos ataques se seguirão.

A nível internacional, a empresa mais afectada desde que começaram os ataques foi a indiana Aiplex, que tinha sido encarregue de atacar os sites de partilha ilegal de ficheiros que não tinham cessado a sua actividade. O seu site foi "abaixo" 313 vezes, num total de 123 horas "fora do ar".

Em Espanha, os responsáveis pela página da SGAE reconheceram ter tido uma noite muito difícil, com o site a cair várias vezes devido a um aumento significativo dos ataques com origem nos EUA - depois de durante o dia terem circulado em vários fóruns do país apelos aos internautas para que continuassem os ataques de DoS. Ainda assim, o momento mais crítico foi vivido durante a madrugada de quinta-feira, quando em meia hora se registaram cerca de 3,5 milhões de ataques. Pelas 13 horas já o site tinha atingido os 25 milhões.

Apesar das contas da Panda, a associação afirma que a página esteve acessível 90 por cento do tempo, admitindo duas quebras importantes quarta-feira, uma durante a tarde e outra durante a noite, cada uma delas com a duração de uma hora.

O responsável pelo site disse ainda tratar-se de um ataque tecnicamente sofisticado, que, apesar de convocado pelo grupo internacional Anonymous, contou com vários "participantes" com endereços de IP espanhóis.

Sapo TEK







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech