1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.


A Google tem por hábito libertar novidades nos seus produtos sem os anunciar. Torna-os disponíveis e espera que os utilizadores os detectem e os anunciem ao mundo. O que aconteceu com duas novidades que foram disponibilizadas no YouTube foi isso mesmo. Elas estão lá, mas ninguém as anunciou e apenas agora começam a ser faladas.

Estas novidades permite que controlem a visualização dos vídeos de forma mais simples e sempre com recurso ao teclado, evitando terem de estar a usar o rato.

Apesar de as funções serem similares, na verdade estes atalhos estão divididos em dois blocos diferentes. Um primeiro permite avançar e recuar o vídeo e o segundo permite que saltem para determinadas zonas desses vídeos.

Ambas podem ser usadas apenas dentro das páginas do Youtube ou num qualquer vídeo embebido numa página e a segunda requer que não tenham o vídeo maximizado (full screen).

Avançar/recuar video

Passam a poder usar as setas do vosso teclado para avançar ou recuar dentro de um vídeo. Cada clique numa das setas avança ou recua o vídeo em 5 segundos. Se adicionarem às setas a tecla ctrl (ctrl+esquerda ou ctrl+direita) recuam ou avançam o vídeo em 10%.

Se clicarem em home ou em end avançam directamente para o início ou fim do vosso vídeo. Por fim podem usar o velho truque da barra de espaços para colocar em pausa o vídeo.

Deixam de ter de usar o rato para avançarem ou recuarem o vídeo para uma posição que pretendam. Lembrem-se apenas de clicar na barra de progressão do vídeo para que funcione.

Saltar para uma zona do vídeo

O segundo truque/funcionalidade que foi disponibilizado permite que saltem para zonas específicas de um vídeo. Usem as teclas numéricas para saltar para uma zona percentual específica. O 1 representa os 10%, o 2 os 20% e por ai em diante até ao 9, que representa os 90% do vídeo.
Notem ainda que ambos os truques funcionam com o vídeo parado ou em execução e que no caso do Firefox devem desabilitar a pesquisa enquanto escrevem, pois se estiver activa os comandos não vão ser passados para o Youtube.

Estes pequenos truques e novidades são uma mais-valia para estes serviços que a Google fornece e são elementos diferenciadores dos restantes fornecedores de serviços similares. Não é à toa que a Google é quem é hoje, no mundo dos serviços Web.

Fonte: Peopleware







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech