1. TugaTech » Software » Noticias de Software

Siga-nos

Windows teclado logo

 

A Microsoft continua a jogar o “gato e rato” com os criminosos, na tentativa de proteger o sistema Windows 10 de ataques. E recentemente a empresa introduziu uma nova tecnologia no sistema que vai tornar a tarefa dos atacantes consideravelmente mais difícil.

 

A nova tecnologia Kernel Data Protection, que a Microsoft encontra-se a testar nas versões mais recentes do Windows, promete evitar que hackers possam aproveitar falhas no kernel para roubar dados dos utilizadores ou obterem controlo dos sistemas.

O KDP coloca várias secções da memoria do Kernel num formato de leitura apenas, com o objetivo de evitar que aplicações ou terceiros acedam à mesma para roubar os conteúdos. Além disso, estas secções encontram-se ainda num ambiente virtualizado, e separado do sistema operativo – tornando a tarefa de exploração ainda mais complicada.

 

Esta nova proteção pode ajudar a combater um novo género de ataques que tem vindo a aumentar consideravelmente nos últimos meses, onde os criminosos aproveitam drivers modificadas maliciosamente para infetar o arranque do sistema, e acederem a conteúdos na zona do kernel ou da memoria diretamente.

 

Além disso, esta nova tecnologia deve também fornecer mais desempenho e estabilidade para os utilizadores em geral, o que certamente será benéfico para qualquer utilizador do sistema.

 

Como sempre, os hackers procuram formas de contornar todas as medidas de segurança que surgem pela frente, e é bem possível que venham a tentar encontrar falhas neste sistema. No entanto é certamente algo bem vindo de se implementar para um pouco mais de segurança no sistema da Microsoft.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech