1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Chrome 100

 

O Google Chrome encontra-se muito perto de vir a receber brevemente uma nova versão, passando para o número 100. Esta será uma grande atualização e marco para a Google, mas ao mesmo tempo, a mudança pode causar alguns problemas na internet em geral.

 

Depois de quase 13 anos no mercado, o Chrome encontra-se finalmente a atingir a sua versão 100. Durante todo este tempo, o navegador manteve-se em versões com apenas dois dígitos, mas agora vai mudar para uma nova versão que passa a contar com três dígitos.

Apesar de isto parecer uma mudança relativamente simples, a verdade é que existe a possibilidade de alguns sistemas não a verem de bom agrado. Isto acontece devido a um pequeno sistema conhecido como “user agent”.

 

Cada navegador conta com uma pequena string, que basicamente identifica o mesmo pela Internet. Os websites podem usar esta informação para saber qual o navegador usado pelos utilizadores, seja para efeitos práticos ou apenas para medir o tráfego.

Como exemplo, este é o user agent da mais recente versão do Chrome:

Mozilla/5.0 (Windows NT 10.0; Win64; x64) AppleWebKit/537.36 (KHTML, like Gecko) Chrome/96.0.4664.45 Safari/537.36

 

O problema está na forma como este sistema se encontra integrado pela web. Na string é possível ver a indicação do “96.0.4664.45”, que corresponde à versão do navegador. Mas, com a chegada do Chrome 100, esta string vai passar a contar com um novo número.

Alguns sistemas que tenham sido desenvolvidos apenas para terem em conta os dois números, podem assim verificar alguns problemas. Por exemplo, invés de lerem o “100”, podem ler apenas o “00” ou “10”. Isto pode fazer com que certos sistemas pensem que estão sobre uma versão mais antiga do navegador – neste caso, a versão “10”.

 

Chrome user agent

 

Sites que tenham sistemas de bloqueio de acesso a navegadores antigos podem ter problemas a identificar tal medida, e vão considerar os utilizadores com o Chrome 100 como estando numa versão do Chrome “10”.

 

Até ao momento ainda se desconhece qual será exatamente o impacto desta mudança na web. Mas quem aceda a sites que tenham sistemas desatualizados, ou até sistemas que nunca foram programados para lerem os três dígitos, podem vir a ter problemas.

Uma das medidas que a Google poderia implementar seria fixar a versão do Chrome – a nível do user agent – na “99”, introduzindo a nova versão em seguida. Por exemplo, o Chrome 100 poderia ficar como “Chrome/99.100.1234.56”. No entanto, isto seria apenas uma medida temporária e de “backup”.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech