1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.


Hector Monsegur, ou como era conhecido, Sabu, foi um dos líderes do grupo LulzSec detido pelo FBI em Junho de 2011. No entanto este poderá estar agora a ajudar o FBI na detenção de membros do grupo.

Sabu foi condenado por ter realizado ataques contra as redes da Fox, da Sony Pictures e da PBS e aos sistemas da Visa e Mastercard. No total, caso tivesse sido condenado por todos os ataques realizados, o pirata informático ficaria detido por 124 anos.

No entanto, a pensar nos seus dois filhos, Sabu estará agora a ajudar o FBI na detenção de novos membros do grupo. Ao que tudo indica a mudança de opinião do pirata surgiu depois do grupo começar a atacar instituições dos EUA.
Segundo a Reuters, o grupo vive num clima de desconfiança, pelo que os diversos membros estão a tentar eliminar todas as provas incriminatórias de ataques. De relembrar que já foram realizadas cinco detenções de membros do LulzSec.

Como resposta, o grupo Anonymous revela, a partir do Twitter, que continua a funcionar normalmente e sem interferências externas.




Comentário antigo:
"Ao que tudo indica a mudança de opinião do pirata surgiu depois do grupo começar a atacar instituições dos EUA."


Acredito que ele tenha sido pressionado pelo FBI para entregar o restante do grupo.

Outra possibilidade é a "delação premiada", na qual o prisioneiro revela informações em troca da redução de pena.




Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech