1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.

A polícia holandesa prendeu, no sábado, um jovem de 16 anos por alegada participação nos ciberataques contra Visa, MasterCard, um site da justiça holandesa, e outras entidades que boicotaram o Wikileaks.

A detenção ocorreu na cidade de Den Hague e vem no seguimento de um ataque de denial of service (DoS), que paralisou um dos sites da justiça holandesa.

Segundo a Reuters, o jovem hacker pode incorrer numa pena de prisão com uma duração máxima de seis anos.

Entretanto, soube-se que o jovem já foi libertado.

As autoridades holandesas já fizeram saber que o jovem cuja identidade se mantém em sigilo confessou a participação em ataques ao Visa e ao Mastercard.

Entre as vítimas destes ataques de DoS, encontra-se ainda ao sistema de pagamento Moneybookers, por ter fechado a conta do Wikileaks em Agosto. Entretanto, fica por apurar a relação entre os ataques levados a cabo por este jovem e o grupo de hackers que se organizou na Internet sob a denominação de "Operation Payback".

Numa sala de chat usada pelo grupo, alguns "vingadores do Wikileaks" já tinham dado o alerta para o facto de estarem a perder o controlo do movimento de retaliação.

"Há pessoas a atacar os sites das policias locais e que nos estão a dar má imagem. Era suposto ajudar o Wikileaks e não arranjar pretextos para alguns miúdos começarem a lançar ciberataques ao acaso", escreveu, sob anonimato, um dos membros da Operation Payback no site do grupo.
Fonte: Exame Informática







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech