1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

YouTube logo

 

Um homem foi recentemente condenado pela justiça norte-americana depois de ter tentado extorquir dinheiro a vários youtubers, num esquema de fraude bastante lucrativo para o mesmo.

 

O homem, residente no Nebrasca, foi condenado ao pagamento de uma multa de 25 mil dólares e a pedir desculpas publicamente pelo golpe que terá realizado, explorando o sistema de denuncias do YouTube para o efeito.

O esquema era bastante simples: utilizando um conjunto de contas falsas, o homem levava um canal a ser quase banido da plataforma devido a violações dos direitos de autor. Quando os criadores de conteúdos estavam quase a perder acesso aos seus canais, o homem entrava em ação pedindo uma determinada quantia monetária para evitar que a ação fosse tomada.

 

Normalmente os pedidos concentravam-se para canais destinados a videojogos e noticias, com os pedidos de “resgate” para evitar o terceiro “strike” no canal a chegarem aos 300 dólares. Não se sabe exatamente quanto dinheiro foi obtido a partir deste esquema.

 

Christopher Brady explorou, durante largos meses, os sistemas de reportar vídeos do YouTube para realizar este esquema, o que foi prejudicado pela ineficácia do YouTube em restringir e analisar este género de denuncias. O sistema baseava-se apenas no número de denuncias feitas, que caso fossem atingidas levavam ao bloqueio do vídeo sem uma validação manual da empresa.

 

Brady terá chegado a um acordo com o tribunal para o pagamento da indemnização e pedido publico de desculpas sobre o caso. Além disso, a medida foi um dos motivos pelos quais o YouTube também implementou algumas mudanças na forma como os vídeos são revistos por violações de direitos de autor, numa mudança realizada em Fevereiro de 2019.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech