1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

apple iphone

 

As autoridades dos EUA estão a pedir a ajuda da Apple novamente no processo para aceder a um iPhone no decorrer de uma investigação judicial. Em causa encontram-se dois iPhones, que se acredita pertencerem a Mohammed Saeed Alshamrani, o responsável pelo ataque na base militar dos EUA em Pensacola.

 

De acordo com a carta enviada à Apple, o FBI pede a colaboração da empresa na ajuda para o desbloqueio dos dispositivos e acesso aos dados dos mesmos, que terão como objetivo ajudar os investigadores no decorrer da investigação. Além de terem contactado diretamente a Apple, o FBI afirma que também terá entrado em contacto com várias outras entidades externas e particulares para ajudarem no processo, mas acredita que a Apple possa vir a facilitar consideravelmente a tarefa.

 

Uma das empresas da qual as autoridades poderão ter pedido ajuda será a “CelleBrite”, que é conhecida por anteriormente ter ajudado o FBI a ganhar acesso aos dados de dispositivos de outros casos com sucesso.

Em entrevista ao NBC News, um oficial do FBI afirma que o suspeito detido pelas autoridades terá disparado contra um dos dispositivos da Apple, dificultando ainda mais a capacidade do mesmo ser recuperado. Não se sabe exatamente até que ponto este disparo terá causado danos no sistema ou a sua capacidade para recuperar os dados do mesmo.

 

Até que ponto a Apple irá ajudar a resolver este caso ainda é algo incerto. No passado a empresa já tinha referido que ajudar as autoridades a acederem aos conteúdos de iPhones bloqueados poderia abrir um precedente perigoso para a empresa e para a privacidade dos utilizadores em geral.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech