1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.

De acordo com os planos iniciais do Ministério da Educação, deveria ter estreado em Janeiro uma plataforma que permite inscrever, através da Internet, os alunos no primeiro ano do ensino básico - só que a plataforma ainda está a ser ultimada.

O Ministério da Educação já fez seguir um despacho que determina a suspensão das matrículas dos alunos para o próximo ano letivo.

Apesar de ter admitido, numa primeira instância, que o sistema informático necessário para o arranque das matrículas através da Internet ainda não estava concluído, o Ministério da Educação justificou a suspensão agora aplicada com a decisão de encurtar o período de matrículas.

Com esta decisão, em vez de disporem de cinco meses para a matrícula dos alunos, os encarregados de educação passam a ter apenas dois meses, informa o Diário de Notícias.

Apesar de não relacionar a suspensão das matrículas, o Ministério da Educação confirma que a plataforma eletrónica que vai permitir inscrever, através da Internet, as crianças portuguesas nas escolas públicas ainda está a ser ultimada.

O Governo anunciou o lançamento do serviço de matrículas de alunos através Portal das Escolas em Setembro. O projeto deveria ter arrancado em Janeiro, como alternativa à tradicional inscrição que exige a deslocação à escola e a entrega de formulários.
Fonte: Exame Informática







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech