1. TugaTech » Software » Noticias de Software

Siga-nos

China smartphone

 

As autoridades chinesas estão entre as que mais censura aplicam a nível da internet, e recentemente as mesmas revelaram que vão focar-se mais a nível dos conteúdos destinados primeiro para dispositivos móveis.

 

A Cyberspace Administration of China (CAC) revelou que vai começar a focar-se nas empresas que desenvolvem navegadores para dispositivos móveis como forma de que estas façam aplicar as leis do pais a nível dos conteúdos que são apresentados aos utilizadores.

No final, a entidade parece estar a voltar-se para focar uma grande parte da censura aplicada nos conteúdos disponíveis na China também para os navegadores. Entre os navegadores que estão no foco das autoridades encontram-se as soluções desenvolvidas por empresas como a Huawei, Alibaba, Xiaomi e Tencent.

 

A Huawei foi uma das primeiras a responder às autoridades, referindo que irá analisar as suas politicas para verificar o que pode ser alterado para ir de encontro com as novas leis a serem aplicadas. Outros fabricantes devem seguir a mesma tendência muito em breve.

 

Não será novidade que a China possui um forte controlo sobre os conteúdos que se encontram disponíveis para os utilizadores do pais na Internet local, no que é considerado a grande firewall da china. Serviços como o Facebook, Twitter e YouTube não se encontram disponíveis na China – e todas as plataformas que permitam a partilha de conteúdos publicamente são fortemente controladas pelas autoridades locais.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech