1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.


Segundo a consultora iSuppli, o Japão, devido ao Tsunami, poderá demorar mais de 6 meses a recuperar o mercado económico dos semiconductores, uma das maiores áreas deste pais. E não é apenas no Japão que irão ser sentidas as carências destes componentes, pois toda a indústria sofrerá os efeitos do sismo.


Segundo a consultora, as bolachas de silício, utilizadas na construção dos componentes, terá uma redução de 25%. Este valor agrava-se na escassez que se prevê do Hidrogénio, utilizado na fabricação dos componentes, atingindo a marca dos 75% de redução.


Dale Ford, vice-presidente da iSuppli, admite mesmo que possam existir fábricas destes componentes que, com a calamidade que ocorreu, nem voltem a reabrir, o que terá um grande impacto no mercado geral: "Já houve outros desastres no passado, mas este é o maior que alguma vez afectou a indústria de semicondutores".


As estimativas apontam para que a maioria das fábricas tenham um stock para mais três a quatro semanas, a menos que sejam encontradas alternativas para o fornecimento de matérias-primas essenciais na construção dos componentes.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech