1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

WhatsApp silenciado sobre boca de pessoa

 

O WhatsApp é considerado por muitos como um meio seguro de comunicação, onde as mensagens enviadas entre os utilizadores encontram-se encriptadas e apenas acessíveis por quem realmente deve ter acesso às mesmas.

 

No entanto, de acordo com uma recente investigação do portal ProPublica, isso pode não ser bem assim. Como se sabe, o WhatsApp faz parte do leque de aplicações do Facebook, e existe a possibilidade que as mensagens enviadas dentro da plataforma não sejam propriamente privadas como a maioria pensa.

 

Para plataformas como o Facebook, não se trata apenas daquilo que é escrito dentro das conversas que é importante. Existe um conjunto de informações extra que a rede social pode ter acesso e que podem ser úteis para traçar um perfil dos utilizadores – que pode depois ser usado para efeitos de publicidade.

 

No entanto, nem mesmo as mensagens que são enviadas estas são inteiramente seguras. Apesar de as comunicações serem privadas, ainda existem situações onde as mesmas podem ser vistas em texto plano fora das pessoas que deveriam ter acesso.

Em plataformas sem encriptação, como é o caso do Messenger, existem meios automáticos para analisar as mensagens, imagens e vídeos enviados na plataforma. No entanto, no caso do WhatsApp, esse sistema baseia-se sobretudo na capacidade dos utilizadores reportarem conteúdos.

 

Quando um conteúdo é reportado, o mesmo e as cinco mensagens anteriores enviadas nesse chat são enviadas em texto plano para o Facebook, sem qualquer encriptação. E estes conteúdos são mais tarde analisados por moderadores da rede social.

Ao mesmo tempo, os sistemas do Facebook também analisam as contas dos utilizadores e os dados que recolheram das mesmas para identificar atividades suspeitas. E estes dados podem ser bastante extensos, por vezes contendo o nome, imagem de perfil, informações sobre o número de telefone e dispositivo onde a app se encontra.

 

Todas essas informações podem ser obtidas pelo Facebook, sem que o mesmo tenha propriamente de aceder às mensagens dos utilizadores. E essa informação é útil para anunciantes e publicidade.

 

De acordo com a investigação, o WhatsApp não é claro sobre quais os detalhes recolhidos quando uma mensagem é reportada. Na página de suporte a empresa apenas refere que “mensagens recentes” são recolhidas para análise, mas sem apresentar detalhes em concreto.

 

Para os utilizadores, é possível que estes compreendam que, quando uma mensagem é reportada, esse conteúdo está a ser enviado para o Facebook. O que muitos podem não perceber é que as mensagens mais recentes são também enviadas – e nisso o WhatsApp não é transparente.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech