1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Logo da meta com bandeiras da Rússia e China

 

Durante a semana passada, a Meta confirmou que iria deixar de aceitar publicidade de entidades associadas com o governo Russo, o que inclui também alguns dos meios usados pelo mesmo para distribuir propaganda.

 

No entanto, isso não impede que outras entidades em diferentes países realizem essas ações em nome da Rússia. Recentemente foi descoberto que várias empresas sediadas na China encontram-se a usar as ferramentas de publicidade da Meta para distribuir conteúdo de propaganda a favor do Governo Russo, e desinformação sobre a recente invasão da Ucrânia.

 

A publicidade, de acordo com o portal Axios, encontra-se a ser disponibilizada pela empresa CGTN, uma entidade associada com o governo chinês e que também ela possui a sua própria propaganda para o governo local.

 

A China Global TV Network terá colocado, desde o início dos confrontos entre a Ucrânia e a Rússia, mais de 21 anúncios sobre a Meta, a grande maioria focada para o público a nível mundial com informações de apoio ao governo Russo.

As ferramentas da Meta não fornecem detalhes sobre quanto essa entidade terá gasto para deixar a publicidade, mas a indicação será que os anúncios estão a ser distribuídos a nível global.

 

Estas campanhas fornecem conteúdos transmitidos dentro da própria CGTN, com mensagens de apoio ao governo russo e propagação de mensagens anti-NATO. Surgem ainda campanhas de desinformação nos mais variados temas relacionados com a invasão da Rússia.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech