1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.

apple logo

 

Recentemente surgiram relatos que vários servidores de grandes empresas norte-americanas, incluindo a Apple e Amazon, poderiam ter sido afetados por um chip espião, o qual terá sido colocado pelo governo chinês ou Russo.

 

O relatório da Bloomberg apontava que, entre as empresas afetadas, estariam vários servidores associados com a Apple – alguns dos quais possuíam dados de clientes no iCloud. A empresa inicialmente negou as informações, sendo que durante o dia de hoje disponibilizou uma nova press-release com mais informação acerca do caso.

 

De acordo com a empresa, quando a Bloomberg entrou em contacto relativamente a este problema, foi realizada uma investigação interna para validar os resultados, não tendo sido descoberto qualquer indicio de “chips espiões” nos servidores. A empresa sublinha ainda que nunca descobriu no passado este tipo de chips nos seus servidores, bem como qualquer outro tipo de vulnerabilidade externa.

 

Além disso, e ao contrário do que foi indicado no relatório da Bloomberg, a empresa não manteve qualquer contacto com as autoridades norte-americanas sobre esta situação. A informação da press-release termina com a Apple a afirmar levar estas acusações de forma séria, com destaque para a privacidade e segurança dos seus clientes, sendo que os dados fornecidos pela Bloomberg são considerados como falsos.

 

De notar que são raras as situações onde a Apple responde a rumores ou acusações externas, pelo que a disponibilização de uma press-release completa acerca deste caso demonstra também uma forte motivação da empresa em negar as acusações.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech