1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.

Ao final da tarde de hoje, é lançado para o espaço o Hylas 1. A 20 de Dezembro será lançado o Ka-Sat. Ambos satélites querem dar banda larga onde não há. A guerra de satélites vai começar.

Hylas 1 e Ka-Sat foram fabricados pela companhia EADS Astrium de Toulouse. Os dois satélites vão pôr frente a frente Eutelsat e Avanti Communications, duas operadoras que estão apostadas em fazer dinheiro com os denominados "buracos negros" das redes fixas que distribuem acesso à Net na Europa.

Os menos atentos podem achar que os espaços rurais e menos populosos são pouco atrativos do ponto de vista de comercial, mas a verdade é que a Eutelsat não quis perder a oportunidade de anunciar o lançamento do seu Ka-Sat no mesmo dia em que o Hylas 1 da Avanti vai para o espaço. O que é um sinal de que as "sobras" deixadas pelas redes fixas europeias não são assim tão pequenas.

Um número fornecido pela Eutelsat é elucidativo do volume de negócios que está em disputa: o lançamento do Ka-Sat tem em vista fornecer Internet a um mercado com um total de 15 milhões de lares na Europa.

De resto, os dois satélites não diferem muito: O Hylas 1 é o primeiro a partir rumo ao espaço, com a promessa de disponibilizar acessos à Net com velocidades máximas de 8 Mbps; o Ka-Sat vai para o espaço em 20 de Dezembro e promete uma largura de banda máxima de 10 Mbps.

O Hylas 1 vai ser lançado na Guiana Francesa; o Ka-Sat parte do Cazaquistão.

Os dois satélites são geo-estacionários (acompanham a rotação da Terra, para poderem cobrir um espaço predefinido) sendo que o da Avanti vai "fixar-se" nos 33,5º Oeste, enquanto o da Eutelsat vai posicionar-se nos 9º Leste.

Ambos satélites distinguem-se por recorrer tecnologias que permitem adaptar, de forma automatizada, a capacidade das comunicações às necessidades de cada região ou grupo de clientes.

Os primeiros serviços comerciais só devem estrear durante 2011.

Em comunicado, a Avanti informa que pretende disponibilizar acessos à Net em Portugal (não são indicados preços).

Segundo sabe a Exame Informática, a Eutelsat está a negociar com dois operadores portugueses as condições de revenda do serviço. O tarifário, que juntaIPTV e telefone à Net, deverá ter um custo de 30 euros na modalidade mais barata.
Fonte: Exame Informática







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech