1. TugaTech » Software » Noticias de Software

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.

firefox

 

A grande maioria dos navegadores no mercado sempre tiveram problemas com a gestão de memória RAM que fazem dos sistemas. O Google Chrome é bem conhecido pelo seu uso elevado de memória mesmo durante uma utilização ligeira, com o Firefox a manter-se como uma das opções mais “leves” na atualidade.

 

Apesar disso, o navegador enfrentava um bug que tinha uma história com mais de oito anos, e que foi finalmente corrigida nas versões mais recentes do mesmo. A Mozilla revelou ter resolvido um problema de gestão de memória que o navegador enfrentava desde 2011, e na qual levava a um aumento na utilização de recursos conforme o navegador era utilizado.

 

De acordo com a empresa, a correção para o problema passa por algo bastante simples: hibernar ou descartar da memória as abas que não se encontrem em utilização, para assim evitar o consumo elevado de recursos de forma desnecessária.

 

Com esta nova correção, o Firefox passa a hibernar ou descartar as abas quando o utilizador não se encontre nas mesmas, evitando que fiquem em segundo plano a consumir recursos do sistema – sobretudo da memória RAM.

 

Para evitar que uma aba em segundo plano importante seja hibernada por erro, o navegador irá adotar um pequeno algoritmo que analisa o conteúdo da página e verifica se o mesmo deve ou não ser descartado. Por exemplo, páginas que estejam a reproduzir sons – como abas do Spotify ou Youtube – não serão automaticamente descartadas pelo novo sistema.

 

A correção encontra-se atualmente no Firefox 67 Nightly, podendo ser ativada pela definição “browser.tabs.unloadOnLowMemory”. Espera-se que chegue às versões estáveis do navegador dentro dos próximos meses.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech