1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Youtube com banner do IE6

 

O Internet Explorer 6 deixou, e ainda bem, de ser um dos navegadores mais utilizados na internet. Em parte, um dos motivos para isso foi a forma como muitos grandes websites na internet da altura deixaram de suportar o mesmo.

 

O Youtube foi um deles, e segundo Chris Zacharias, ex-engenheiro do YouTube, a plataforma teve mesmo um período em que fez os possíveis para deixar toda a sua plataforma com o objetivo de “matar” o IE6.

De sublinhar que esta tarefa aconteceu num período em que a Internet ainda estava num dos seus períodos iniciais antes do “boom tecnológico”, e onde o IE6 era o navegador padrão utilizado pelo Windows XP. Além disso, a indústria também mantinha a sua ideia de permanecer com versões do Windows XP ou IE6 porque o investimento para soluções mais recentes era algo dispendioso – e o Windows 7 não viria a surgir até alguns meses depois.

 

Face a isto, os programadores de websites necessitavam de adaptar os seus conteúdos a um navegador com mais de oito anos de idade, e que tinha vindo a demonstrar as suas falhas, apesar de ainda ser um dos mais utilizados na Internet mundial – em parte devido também à popularidade do próprio Windows XP.

 

Segundo Zacharias, na altura o Youtube ainda não se encontrava totalmente nas mãos da Google, e alguns programadores mais antigos do portal tinham acesso a algumas ferramentas de controlo do site. Estas permitiam realizar mudanças no site sem que tivessem de ser aprovadas diretamente pela Google.

 

Zacharias e alguns dos seus colegas estiveram numa fase de transição dos navegadores mais utilizados no Youtube, e pretendiam deixar de lado o antigo IE6. Para tal, uma das medidas implementavas seria um banner que aparecia apenas para os utilizadores do IE6, sugerindo a utilização de um navegador diferente – Firefox, Internet Explorer 8 ou o Google Chrome.

 

Este banner foi aplicado no site numa altura em que ainda não teve de ser realizado o pedido de autorização às cadeias de topo da Google, mas os programadores rapidamente tiveram de deixar mais justificações da medida – algo que parece ter resultado e conseguiram convencer os executivos na medida.

 

Apenas um mês depois deste banner ter sido aplicado, o Youtube verificou uma queda de quase metade nos acessos realizados pelo IE6. Isto também demonstrou para a Google o controlo que a mesma poderia ter da internet e como influenciar o público em geral, tudo com um simples banner informativo.

 

Curiosamente, apenas alguns anos depois, a Google seria acusada pela Microsoft de tentar sabotar o mercado ao influenciar os utilizadores a descarregarem versões alternativas dos navegadores, e em como a empresa aproveitou o Youtube para realizar uma concorrência desleal.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech