1. TugaTech » Software » Noticias de Software

Siga-nos

Google chrome extensões

 

A Google encontra-se a preparar mudanças na forma como as extensões do Chrome são mantidas na Chrome Web Store, e o objetivo passa por fornecer mais segurança e privacidade aos utilizadores.

 

Não existem dúvidas que extensões maliciosas do Chrome são algo que existe pela Internet, e normalmente são partilhadas a partir da Chrome Web Store oficialmente. No entanto, a Google pretende agora combater estas práticas com regras mais rígidas para os programadores, no que a empresa apelida de "Projeto Strobe”.

 

Uma das primeiras medidas encontra-se na forma como as extensões acedem aos dados dos utilizadores. Anteriormente, os programadores eram aconselhados a acederem apenas aos dados estritamente necessários para o funcionamento da extensão – sem nenhuma obrigação de seguir esta regra. No entanto, a partir de agora, as extensões podem aceder apenas aos dados que realmente necessitam, sendo esta medida algo obrigatório.

 

Ou seja, uma extensão não pode aceder a mais dados dos utilizadores do que aqueles que realmente necessite para funcionar normalmente – o mesmo se aplica nas permissões de acesso a funcionalidades do navegador.

Outra medida implementada encontra-se destinada a extensões que comuniquem diretamente com os dados dos utilizadores ou tenham acesso aos mesmos – como é o caso de VPNs – as quais devem agora colocar uma politica de privacidade de forma visível com toda a informação relativamente aos dados recolhidos e de que forma são utilizados pela extensão.

 

Estas novas medidas irão começar a ser implementadas a partir do dia 15 de outubro, sendo que os programadores possuem até este dia para modificarem as suas criações. As extensões que estejam a violar as novas regras podem ser excluídas da loja da Google ou bloqueadas para novas atualizações.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech