1. TugaTech » Software » Noticias de Software

Siga-nos

Google Chreome

 

A Google poderá estar a testar uma nova forma de o Google Chrome vir a consumir menos energia e recursos da RAM em sistemas baseados no Windows 10, tendo como base uma tecnologia desenvolvida pela própria Microsoft.

 

De acordo com o portal Windows Latest, a Microsoft descobriu uma forma de reduzir drasticamente o consumo de recursos do sistema quando utilizado o Google Chrome, sendo baseada na cache do sistema e no uso do disco. Atualmente o Chrome aplica uma cache para todos os vídeos reproduzidos pelo navegador, que elevam o uso do disco e, consequentemente, da energia necessária para o uso do mesmo. Esta cache é aplicada de forma permanente sempre que o navegador permanece aberto – e mantêm-se em segundo plano.

 

Com a alteração da Microsoft, este sistema de cache poderia ser utilizado apenas quando realmente necessário, e quando mo navegador estivesse a ser utilizado efetivamente pelos utilizadores, evitando assim o consumo mais elevado de bateria devido ao uso mais intensivo do disco.

O Windows 10 poderia mesmo beneficiar de um sistema que detetava quando os utilizadores estavam ligados por corrente ou bateria, activando ou não esta funcionalidade de cache conforme fosse necessário.

 

Esta nova funcionalidade pode também trazer benefícios para a Microsoft, apesar de estar centrada no Chrome. Uma vez que o novo Edge é baseado no código base do Chromium – o mesmo utilizado no Chrome – é possível que a mudança venha a trazer benefícios para os utilizadores dos dois navegadores dentro do sistema operativo da empresa.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech