1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

YouTube revolução

 

Seguindo os mesmos passos que plataformas como o Facebook, Twitter e Instagram, o YouTube também revelou que vai começar a aplicar medidas contra os conteúdos que sejam partilhados na plataforma com falsas informações sobre as eleições dos EUA.

 

De acordo com o comunicado da empresa, os vídeos que sejam partilhados no YouTube com informação enganadora sobre os resultados das eleições nos EUA poderão levar a suspensões dos canais associados ou a restrições diversas – e isto inclui também os canais oficiais usados por Donald Trump para a partilhar de vídeos.

 

Tendo em conta que esta será uma nova regra da plataforma, e antes que sejam realizadas ações diretas contra as contas dos utilizadores, o YouTube irá permitir que os criadores de conteúdos removam os vídeos com este género de conteúdos. No entanto, as regras irão entrar em vigor a partir do dia 21 de Janeiro, um dia depois da transição de poder na Casa Branca.

 

Em comunicado, o YouTube afirma que esta decisão foi tomada depois dos eventos que foram registados durante o dia de ontem nos EUA, e que foram propagados por falsa informação originária de Donald Trump em diversas mensagens sobre diferentes plataformas – incluindo um vídeo partilhado também no YouTube.

 

Nas últimas horas várias plataformas sociais aplicaram medidas de restrição nas contas de Trump, incluindo o Facebook, Twitter, Instagram, Snapchat, entre outras. O YouTube foi também uma delas que, além de remover os vídeos , terá também sido impedida a publicação de novos conteúdos pelo período de 24 horas.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech