1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.

A Associação para a Promoção e Desenvolvimento da Sociedade da Informação (APDSI) deu a conhecer um manifesto que propõe o fim da proibição do número único para cada português.


A proposta foi hoje divulgada sob a forma de manifesto. Em causa está o Artigo 35º da Constituição da República Portuguesa, que proíbe o uso de um número de identificação único para cada cidadão nos organismos de Estado.

O manifesto da APDSI considera que o Artigo 35º, que tem como tema a "Utilização da Informática", é um entrave à circulação de informação eletrónica e gera "encargos adicionais para o Estado, para os cidadãos e para os agentes económicos".

Os autores do manifesto recordam que o Artigo 35º foi redigido em 1976 em pleno período revolucionário, ainda dominado pela memória da ditadura que antecedeu a revolução de de 25 de Abril (1974).

A APDSI defende que os receios de perseguição de âmbito político ou social por parte do Estado já não se justificam, pelo que a proibição do número único do cidadão é "um embaraço sério para a disponibilização de serviços eletrónicos" na administração pública.

Para contornar a proibição do número único do cidadão o Estado tem optado por números compostos e a multiplicação de identidades - que a APDSI considera facilitarem a proliferação de fraudes.
Fonte: Exame Informática







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech