1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.

Vários internautas e anunciantes chineses queixaram-se de falhas no serviço do Gmail. A Google relaciona estas falhas com ataques ordenados pelo governo chinês.

A Google rejeita qualquer responsabilidade técnica nas falhas que têm impedido os internautas chineses de marcar mensagens como "não lidas" ou enviar e-mails a partir do Gmail.

"Não foi detetado qualquer problema do nosso lado. Fizemos uma vistoria extensiva. Isto é um bloqueio governamental, cuidadosamente desenhado para parecer que o problema estava no Gmail", referiu uma porta-voz da Google sem se identificar.

Esta última comunicação vem no seguimento a outra publicada no blogue da Google no dia 11 de Março: nessa mensagem, a líder dos motores de busca denuncia "alguns ataques a alvos muito específicos aparentemente motivados por razões políticas. Acreditamos que alguns ativistas tenham sido os alvos preferenciais".

De acordo com o The Guardian, os alegados ataques do governo chinês exploram uma vulnerabilidade do browser Internet Explorer. Tanto a Google como a Microsoft admitem que estão a tentar resolver a vulnerabilidade no Internet Explorer que originou as intrusões nas contas do Gmail.

Alguns analistas relacionam o caso agora registado com a denominada "Revolução de Jasmim", que teria por inspiração as revoltas do Egito e da Tunísia. Para evitar que o movimento ganhasse dimensão na Net - e eventualmente nas ruas das cidades chinesas - o governo de Pequim poderá ter tomado a iniciativa de bloquear ou monitorizar as comunicações eletrónicas de alguns cidadãos.

Não é primeira vez que a Google acusa o governo chinês de ataques eletrónicos. Em Janeiro de 2010, o motor de busca diz ter sido alvo de um ataque muito sofisticado que terá afetado ainda 20 companhias de vários setores.
Fonte: Exame Informática







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech