1. TugaTech » Software » Noticias de Software

Siga-nos

Adobe Flash logo

 

Em janeiro de 2021, a Adobe ditava o fim de uma era, com o encerramento oficial do suporte ao Adobe Flash Player.

 

Uma tecnologia que foi a base de muitos na internet, chegou oficialmente ao fim depois de anos em bugs e criticas. No entanto, o fim do suporte ao Adobe não foi inteiramente universal, isto porque o pacote ainda se encontra disponível na China.

 

Apesar de a Adobe ter oficialmente encerrado o suporte do Adobe para o resto do mundo, ainda existem pelo menos duas versões do mesmo que podem ser usadas: uma versão destinada a empresas (paga) e outra versão do Flash criada especificamente para a China - e distribuído com a permissão da Adobe.

Esta versão foi mantida para dar possibilidade às empresas de adaptarem as suas tecnologias com mais tempo, tendo em conta que o Flash ainda é largamente usado em vários sistemas nesta região.

 

No entanto, isso também permite que o Flash ainda seja mantido, de alguma forma, vivo. E foi exatamente nessa ideia que nasceu o projeto “Clean Flash”.

Desenvolvido pelo programador “darktohka”, o Clean Flash é basicamente uma adaptação do Flash da China, para sistemas internacionais. Este permite usar uma versão atualizada - ou pelo menos mais atualizada do que a existente até então, do software.

 

Adobe flash na China

 

No entanto, parece que o projeto encontra-se agora bastante ameaçado, tendo em conta que a Adobe não parece ter gostado da ideia. A página do projeto no GitHub foi recentemente alvo de um pedido de DMCA por parte da Adobe, que alega o facto que os conteúdos da mesma violam os direitos de autor da empresa.

 

Segundo o programador, este demonstra-se bastante descontente com a ação da Adobe. Em comunicado ao portal TorrentFreak, o mesmo afirma que o projeto nasceu de uma paixão pessoal do mesmo, e da ideia de manter o Flash vivo para quem ainda necessita do mesmo - seja para que medida for.

 

O programador também revela encontrar-se descontente com o facto que a Adobe prefere que os utilizadores usem versões inseguras de um software descontinuado do que versões mais recentes e com menos potencial para serem exploradas maliciosamente.

 

O programador também alega que o código criado pelo mesmo para o projeto não integra nenhum conteúdo direto da Adobe, e que o que este faz é simplesmente bloquear as verificações da Adobe para permitir a instalação do Flash nos sistemas e não ativar o “kill switch” que tinha sido integrado nas últimas versões do programa.

 

Apesar disso, será improvável que o projeto volte ao ativo, pelo menos no formato em que se encontrava disponível até agora.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech