1. TugaTech » Software » Noticias de Software

Siga-nos

Microsoft Store

 

A Microsoft Store sempre teve uma baixa reputação no que respeita às apps que permite na sua plataforma. Não é difícil de encontrar aplicações falsas e enganadoras, que tentam tirar proveito do desconhecimento ou simplesmente enganar para os mais variados fins.

 

Mas sem dúvida que quando a questão envolve também malware, torna-se consideravelmente mais preocupante. E recentemente foi exatamente isso que a empresa de segurança Check Point descobriu, com dezenas de aplicações que estariam faz bastante tempo na Microsoft Store e continham no seu código malware.

 

As aplicações apresentavam-se como clones de outras apps e jogos populares, como Subway Surfer e Temple Run, e acredita-se que tenham infetado mais de 5000 sistemas em todo o mundo.

O malware, uma vez instalado nos sistemas, abre uma porta de entrada para os atacantes terem total controlo dos dispositivos, com a capacidade de enviarem comandos, terem acesso a dados ou simplesmente controlarem o mesmo remotamente.

 

Acredita-se que o malware tenha sido usado para campanhas de cliques e gostos fraudulentos, onde as vítimas tinham os seus sistemas e dados de redes sociais usados para campanhas de spam e outro género de atividades maliciosas online.

 

malware Microsoft store

 

O malware é conhecido como “Electron Bot”, e na verdade este já era conhecido dos investigadores desde 2018, quando surgiu pela primeira vez na Microsoft Store. No entanto, desde essa altura, os criadores do mesmo parecem ter evoluído consideravelmente as capacidades do mesmo em afetar os sistemas, além de ocultarem ainda mais as suas atividades e até mesmo o código usado dentro das apps.

 

Para não levantarem suspeitas, as aplicações onde o malware estava integrado funcionavam como esperado. Na sua grande maioria eram jogos que tinham sido roubados de outras fontes, e onde o código malicioso tinha sido integrado no mesmo. Portanto, para as vitimas, a app funcionava como se esperava, embora o malware fosse integrado no sistema em segundo plano.

 

Infelizmente existe pouco que os utilizadores possam realizar nestas situações, ainda mais quando a própria Microsoft Store é bem conhecida por ser um verdadeiro poço de problemas. A melhor recomendação será para cada utilizador ter atenção aos conteúdos descarregados, bem como evitar o download de apps com baixas pontuações ou reviews.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech