1. TugaTech » Hardware » Noticias de Hardware

Siga-nos

Meta oculos de realidade aumentada

 

Não existe como negar que a Meta tem vindo a investir cada vez mais no metaverso, no que a empresa considera ser o futuro da internet. E isso inclui o desenvolvimento de novos produtos que vão ser usados para essa ideia.

 

Um desses produtos pode agora ter sido revelado, no que será apelidado internamente pela empresa como Projeto “Nazare”. De acordo com algumas fontes, a Meta encontra-se a desenvolver um novo projeto que será consistente com um novo conjunto de óculos de realidade aumentada.

 

De acordo com o portal The Verge, a ideia será algo similar aos “Google Glass”, mas enquanto a aposta da Google fracassou, a Meta espera que estes novos óculos inteligentes venham a ser o futuro.

 

Este produto iria ser separado em dois lançamentos diferentes. A primeira geração dos mesmos poderia chegar em meados de 2024, sendo que estes seriam uma versão inicial e mais barata da tecnologia. No entanto, os planos da empresa seria de lançar um modelo mais avançado entre 2026 e 2028.

 

Google Glass

 

Não existem ainda protótipos em funcionamento dentro deste projeto, portanto a ideia pode ser consideravelmente diferente no final. No entanto, acredita-se que a Meta estaria a tentar criar uns óculos que não tivessem qualquer interligação com terceiros – ou seja, poderiam funcionar de forma independente. Zuckerberg pretende que os mesmos tenham o seu próprio ecossistema, diferente de qualquer outro no mercado.

 

Para esta tarefa, os óculos inteligentes teriam uma interligação sem fios com um dispositivo externo que estaria com o utilizador, que as fontes descrevem como sendo um “dispositivo com o formato de um smartphone” – mas não propriamente um smartphone.

 

Neste momento a ideia ainda está numa fase bastante inicial de desenvolvimento. Nada de concreto terá sido desenvolvido, para além das ideias iniciais. No entanto, as fontes apontam que Zuckerberg pretende que este género de dispositivos venda “aos milhões” até 2030.

A ideia seria avançar com algo tão revolucionário para o mercado como o iPhone da Apple foi para o mundo dos dispositivos portáteis.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech