1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Facebook e links de tracking

 

Se alguma vez acedeu a links partilhados pelo Facebook, possivelmente deve ter reparado num conjunto de letras e números aleatórios no final do link, normalmente sobre a designação “fbclid”.

 

Isto é um conhecido parâmetro que o Facebook adiciona em todos os links partilhados pela plataforma, como forma de tracking dos utilizadores. Para combater este tracking, existem algumas extensões ou até funcionalidades em navegadores como o Firefox que removem esta secção dos links, mas isso pode agora vir a mudar.

 

Ao que parece, o Facebook encontra-se a testar a encriptação de links partilhados na timeline dos utilizadores, de forma a contornar os sistemas de anti-tracking. Com a nova alteração, descoberta pelo portal GHacks, os links do Facebook deixam de necessitar de integrar o parâmetro “fbclid”, passando a usar o próprio link da página associada aos mesmos para “encriptar” o destino final.

 

Basicamente, os utilizadores agora vão começar a ver links que vão estar diretamente associado com a página ou perfil que o partilhou – por exemplo: https://www.facebook.com/forum.tugatech/posts/pfbid026Zoh59U5rVxRwWtLq7KsvMysFcCpciMN54WD6sYoQQ7FWnQtAtPa73AKnBKDmY9Zl?__cft__[0]=ALEATORIO

 

Isto permite que o Facebook realize o tracking de quem acede ao link, ao mesmo tempo que impede que sistemas de remoção do tracking funcionem, uma vez que o mesmo está diretamente associado com o domínio do Facebook. Remover o tracking destes links iria redirecionar os utilizadores para o post da página que o criou, e não para o destino final – o site.

 

Mesmo que se remova a parte do parâmetro da URL, que neste caso será tudo o que se encontra em frente ao "?”, isso iria quebrar o funcionamento do sistema de redirecionamento, levando assim a que os utilizadores não acedam ao site como se pretenderia.

 

Isto é uma técnica interessante para a rede social, pois a mesma está ativamente à procura de formas de contornar o bloqueio de tracking dos links que tem vindo a tornar-se tão popular. E aparenta funcionar de forma eficaz – para boas notícias do Facebook, enquanto más notícias para quem não goste do tracking.

 

Demonstra também o jogo do gato e do rato entre a rede social e a sua necessidade de controlo do tracking dos utilizadores, ao mesmo tempo que existem outras partes a tentar remover o mesmo. De forma recente, o Firefox 102 introduziu uma funcionalidade de “Limpeza das URL”, que remove exatamente estas secções de tracking dos links que os utilizadores possam aceder.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech