1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.


O fundador do serviço Megaupload, Kim Dotcom, acusado de pirataria na Internet pelas autoridades norte-americanas, saiu hoje em liberdade condicional dada pelo tribunal da Nova Zelândia.

Kim Dotcom foi assim libertado, estando no entanto proibido de aceder à Internet. Segundo revela a imprensa local, o pedido de liberdade condicional apresentado pelo fundador do Megaupload foi aceite, desta vez, em tribunal, depois deste ter considerado o risco de fuga do pais mínimo.

Kim Dotcom é acusado pelas autoridades norte-americanas de crimes de pirataria de conteúdos protegidos com direitos de autor, extorsão e lavagem de dinheiro. É ainda acusado de ter liderado um grupo que terá lucrado mais de 175 milhões de dólares desde 2005, com a distribuição ilegal de conteúdos protegidos pelo serviço Megaupload.

Em contrapartida, o advogado de defesa do Megaupload refere que estas acusações são infundadas, visto o serviço se destinar somente à partilha de ficheiros.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech