1. TugaTech » Hardware » Análises, Dicas e Artigos sobre Hardware

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.

iPad - Apple

http://revoada.com/wp-content/uploads/2010/01/ipad-apple.jpg

Um dos lançamentos mais esperados para o início de 2010, desde a noticia da sua existência, foi o do iPad. Seria um produto de sucesso? Um flop da marca? As opiniões dividiam-se mas a Apple conseguia, mais uma vez, colocar todas as pessoas a falar de um produto que ainda estava para sair.

Em Abril chegou o dia do seu lançamento e o Jornal Público mostrava na sua capa duas imagens: uma das pessoas em fila à espera de comprar o iPad na cidade de San Francisco e outra de um grupo de pessoas sentadas no chão à espera de comida no Sudão acabando por dar uma percepção bastante forte das diferentes realidades. Os números das vendas não foram animadoras e corresponderam às expectativas mais baixos (cerca de 300 000 iPads vendidos nos primeiros dias) contra os 700 000 esperados pelos mais optimistas.

Características:

Ecran

- 9.7" de diagonal, com retro-iluminação LED';
- Tecnologia do painel IPS (In-plane switching);
- Suporta multi-touch, sem necessidade de caneta apontadora;
- Resolução : 1028 x 768 pixeis a 132 dpi (formato 4:3);
- Resistente a impressões digitais visto ter um coating oleofóbico;
- Suporte de caracteres de várias línguas simultaneamente;

Processador

- Apple A4 "Custom-made" SoC (System on a Chip), 1 Ghz;
- Combina CPU com microarquitectura ARM Cortex-A8 e GPU PowerVR SGX 535 (o mesmo do iPhone) numa só die;
- 256 MB DDR2 SDRAM Samsung incorporado off-die via processo "package on package" (2 chips empilhados);

Armazenamento

- 16 (modelo testado), 32 ou 64 GB (memória Flash), não expansível;

Sensores:

- Acelerómetro em 3 eixos;
- Luminosidade;
- Bússola Digital;
- Triangulação do sinal Wi-Fi para localização;
- Assisted GPS (apenas modelo 3G);

Bateria e Energia

- Bateria de Litio recarregável 25-watt-hour;
- Até 10 horas a navegar na internet via WIFI, ver filmes ou ouvir musica;
- Até 9 horas a navegar na net via 3G;
- Pode ser carregada via USB ou à corrente via carregador de parede de 10w incluído;

Comunicações - todos os modelos

- Wi-Fi (802.11a/b/g/n);
- Bluetooth 2.1 + tecnologia EDR;
- Controlador broadcom;

Comunicações (Apenas modelo 3G)

- UMTS/HSDPA (850, 1900, 2100 MHz);
- GSM/EDGE (850, 900, 1800, 1900 MHz);

Input e Output

- 30 pins Apple Dock Conector (igual a iPhone, iPods);
- Microfone;
- Altifalante embutido;
- Local para cartão Micro-SiM (apenas no Modelo WIFI + 3G);
- 3.5 mm stereo headphone jack;

Botões Externos

- Controlo de Volume;
- Home;
- Lock para permitir/impedir a rotação do ecran;
- Botão de On/off;

Linguagens

- Suporte de Linguagem em Inglês, Francês, Alemão, Japonês, Italiano, Holandês, Espanhol, Russo e Chinês simplificado;

- Suporte de Teclado em Inglês americano e britânico, Francês, Alemão, Japonês (Qwerty), Holandês, Espanhol, Italiano, Russo e Chinês simplificado;

- Dicionários: Inglês americano e britânico, Francês de Françam, Canadá e Suiça, Alemão, Holandês, Japonês, Espanhol, Italiano, Russo e Chinês simplificado;

Playback audio

-Frequência: 20Hz to 20,000Hz;

- Formatos áudio suportados: HE-AAC (V1), AAC (16 a 320 Kbps), ACC protegido (a partir da loja Itunes), MP3 (16 a 320 Kbps), MP3 VBR, Audible (formatos 2, 3, e 4), Apple Lossless, AIFF, e WAV;

- O volume máximo é definido pelo utilizador;

TV e Video

- Suporta 1024 x 768 px com o cabo dock connector - VGA adapter. Suporta 576p e 480p com cabo AV Apple Component. Suporta 576i e 480i com cabo AV Apple Composite;
- Video H.264 até 720p, 30 frames por segundo;

Dimensões:

- 242 (A) x 189 (L) x 13 (P) mm;
- O peso varia consoante o modelo é WIFI (0,68kg) ou WIFI + 3G (0,73kg);

Sistema operativo:

- Apple iPhone OS 3.2 (Upgrade para iPhone OS 4 no outono);

Serviços Online:
- iTunes Store;
- App Store;
- MobileMe;
- iBookstore - De momento, não se encontra disponível em Portugal;

Acessórios incluídos:

- Cabo USB para Dock Conector;
- Adaptador de corrente de 10w para USB.;
- Documentação em inglês;

Acessórios oficiais opcionais:

- iPad Dock;
- iPad Dock + teclado;
- Bolsa de protecção em preto;
- Camera Kit (adaptadores Dock para USB e cartão de memória SD);
- Adaptador de vídeo Dock para VGA;
- Adaptadores componentes e composite;
- Teclado sem fios;
- Adaptador de corrente de 10w para USB;

Requisitos - Mac

- Computador Mac com porta USB 2.0;
- Sistema operativo Mac OS X v10.5.8 ou posterior;
- iTunes 9.1 ou posterior;
- Conta na iTunes Store (para download e compra de conteúdos);
- Acesso à Internet;

Requisitos - Windows

- Computador com porta USB 2.0;
- Sistema operativo Windows 7, Windows Vista, Windows XP Home ou Pro com SP3;
- iTunes 9.1 ou posterior;
- Conta na iTunes Store (para download e compra de conteúdos);
- Acesso à Internet;

Unboxing

Primeiro dizer, que a caixa onde vinha o iPad tinha um plástico à volta mas os seguranças do aeroporto de Frankfurt obrigaram a pessoa que trazia o iPad a abrir por "razões de segurança" e depois andaram a mostrar aquilo entre todos.



(1)
(2)

(1) e (2) Fotografias da caixa onde vem o iPad. Design branco habitual da marca Apple. Os programas que veêm inicialmente com o iPad são aqueles que aparecem nestas fotografias.

Vamos então ver tudo o que vem dentro da caixa:

(3)
(4)

(3) e (4) - Primeira visão do iPad. Vem com um plástico transparente a rodear todo o iPad. O ecrã é de vidro e a parte detrás de aluminio o que faz com que não seja muito leve mas extremamente agradável em termos visuais.

(5)
(6)
(7)

(5) e (6) - Depois de retirarmos o iPad da caixa encontramos o Manual de Instruções e a informação de onde o iPad foi produzido.

(7) - Dentro deste manual podemos encontrar algumas notas explicativas relativamente aos botões do iPad e outras informações adicionais.

(8)

8 - Depois de retirar o Manual de Instruções encontramos o cabo de ligação USB e o transformador (Americano claro). É sempre necessário ter um adaptador para ligar à corrente cá de Portugal

iPad ao detalhe

(9)
(10)

(9) e (10) - Aqui temos o iPad já ligado. Para se ligar o iPad pela primeira vez é preciso que ele seja sincronizado com a versão mais recente do iTunes. Se não for a versão mais recente, o Itunes não reconhece o iPad.

A visualização é bem mais agradável com o ecrã de lado e então, no safari, é quase que obrigatório usar o iPad "deitado" para que se possa visualizar bem as páginas web.

Já foram instalados alguns programas neste iPad mas por exemplo o Quickoffice não funciona muito bem embora digam que é compativel com Ipad. O excel funciona bem mas o Word quando se pretende escrever a primeira letra o programa encerra.

O Software do iPad é em tudo idêntico ao do iPod com todas as vantagens e desvantagens que isso traz.



(11)
(12)
(13)

(11) e (12) e (13) - A primeira imagem é do botão de On/Off que se encontra no canto superior direito do iPad; na segunda imagem temos o controlador de volume e no botão que permite bloquear ou descloquear a rotação do ecrã que se encontram no lado direito do iPad. No canto superior esquerdo temos o local para ligação do cabo audiojack 3.5mm.


(14)
(15)

(14) e (15) - No parte debaixo do iPad temos a saida de som no lado direito, e a meio temos o 30 pins Apple Dock Conector que é comum ao iphone e ipod Touch e permite conectar o iPad ao resto do mundo.

(16) -
(17) -

(16) e (17) - Visão da parte traseira do iPad que é prateada escura o que acho bastante bom visto que pode assim "esconder" alguma da sujidade que possa aparecer com a utilização do iPad. E na parte traseira temos também alguma informação relativa ao Ipad.

(18) -
(19) -

(18) e (19) - A primeira imagem serve para mostrar que o iPad é bastante fino mas acaba por ser algo pesado devido aos materiais com que foi construido; a segunda fotografia é do teclado que aparece no ecrã para uma pessoa escrever que é em tudo idêntico ao do iPhone.


(20)

(20) - Este é o botão que mais se utiliza no iPad, é o botão "Home" e é essencial para mudar entre aplicações sendo esta uma das principais criticas feitas ao iPad.

(21)
(22)

(21) e (22) - Estas são duas fotografias de um dos acessórios que é quase "impigido" pelos vendedores da Apple..e com razão. É uma capa de protecção para o iPad e tendo em consideração o material do iPad, em especial o seu vidro é bastante importante que o protejam ao máximo para que depois não tenham desgostos.

iPad - Primeiras Impressões


Primeiro dizer que, embora esteja a escrever esta análise num MacBook Pro enquanto oiço música no meu iPod touch, sempre fui bastante céptico relativamente a este Ipad e sempre tive dúvidas relativamente ao mercado que ele iria ter..Seria um concorrente ao Kindle? Seria um concorrente aos netbooks pela sua versatilidade? Seria apenas um iPod gigante? Ou seria um produto pioneiro dando origem a uma nova categoria no sector das tecnologias portáteis?..As minhas conclusões estão mais à frente..

O primeiro contacto com o iPad é bastante agradável no entanto não deixo de achar que é algo pesado para um produto que se quer portátil (especialmente quando comparado com o Kindle) e que, acima de tudo, permita uma utilização de várias horas. O sistema, como disse anteriormente, é idêntico ao do iPod touch/iPhone por isso para quem já tenha algum destes produtos, não terá problema em funcionar com o iPad e tirar um proveito total deste sistema em poucos minutos de utilização.

Para uma utilização mais geral trabalha-se bastante bem com o ecrã "em pé" no entanto se o objectivo for ir à internet ou mesmo visualizar fotografias é quase obrigatório colocar o Ipad "deitado".

O software é bastante rápido (ainda mais tendo em conta o CPU existente) e todas as aplicações que instalei também funcionam e estão imediatamente prontas a correr após a instalação. Dar também uma nota positiva relativamente à bateria e às temperaturas: a bateria dura várias horas e mesmo com uma utilização puxada, o iPad continua fresco.

Em relação às suas dimensões e aqui vou aproveitar para responder à minha primeira suposição "seria um concorrente ao Kindle?" acho o Ipad ainda é grandinho, como podem ver pelas seguintes fotografias:

(23)
(24)
(25)

(23), (24) e (25) - Como podem ver, o iPad é consideravelmente maior do que o Kindle e mais pesado também e esta é a razão pela qual eu acho que não será um verdadeiro concorrente ao Kindle. A leveza do Kindle permite que se possa pegar nele durante várias horas enquanto se está a ler um livro e isso será mais dificil com o iPad a não ser, claro, que tenham a tão conhecida "barriga de cerveja" servindo como um bom apoio para segurar o iPad durante algumas horas. O iPad tem/terá uma grande vantagem que é a possibilidade de se ver os livros a cores, o que o Kindle não permite, e isto será muito importante para quem quiser, por exemplo, ler livros das faculdades que na maioria das vezes são bastante coloridos (livros cientificos). Dizer também que é possivel ter os livros Kindle no iPad e assim terão um acesso a uma livraria muito vasta.A localização dos Botões do Kindle também é mais fácil de usar em comparação com o iPad.

Por isso, relativamente à primeira suposição a minha resposta é não. Não penso que será um verdadeiro concorrente do Kindle porque simplesmente não foi esse o objectivo com que foi criado e como tal nunca será tão "competente" e funcional como o Kindle na leitura de livros.

O ecrã onscreen do Ipad é bastante agradável mas, caso uma pessoa esteja sentado no sofá com o dispositivo no colo, é dificil escrever com as duas mãos. Será interessante ver como funciona a leitura dos livros e onde estarão localizados, no ecrã, os botões para mudar de páginas.

Destaco pela Positiva:
Inovação
Qualidade de ecrã e respectiva imagem
Rapidez do sistema
Duração da Bateria
Qualidade de construção

Destaco pela Negativa:
Reportados problemas de Wi-Fi
Ausência de um Multitasking real
Não suporta Flash
Fonte Zwame







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech