1. TugaTech » Software » Análises, Dicas e Artigos sobre Software

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.

WPD Privacy

 

Não é novidade nenhuma que o Windows 10 é um dos sistemas mais agressivos no que respeita à recolha de dados dos utilizadores. Apesar das tentativas da Microsoft em fornecer um maior controlo para os utilizadores do que podem ou não partilhar com a empresa, ainda assim muita informação continuar a ser registada em segundo plano.

Com isto, e ao longo dos meses que se seguiram ao seu lançamento, apareceram também um conjunto de formas e ferramentas de tentar travar esta invasão de privacidade. Enquanto umas são mais simples de utilizar que outras, hoje vimos deixar uma que tem vindo a ser considerada a melhor opção atualmente: a WPD Privacy.

 

Esta simples aplicação permite controlar várias funcionalidades do Windows 10 conhecidas por “espiar” as atividades dos utilizadores.

Na janela principal é possível aceder a três funções base: Gestão das definições de privacidade, bloqueio de IPs da Microsoft na Firewall e a desinstalação de apps nativas do Windows. Cada uma das funções fornecem opções distintas para tentar evitar a recolha de dados.

 

No caso da Gestão das definições de Privacidade, são apresentadas um conjunto de definições base que o utilizador pode controlar, conforme pretenda ou não que essa informação seja recolhida e enviada para a empresa. No geral, estas opções podem ser encontradas diretamente no Windows – mas algumas estão consideravelmente escondidas e fora do alcance dos utilizadores. A partir do programa, passa assim a ser possível ativar ou desativar rapidamente todas as que se pretenda.

 

gestão das definições de privacidade

 

No entanto, onde este programa se destaca é sobre a capacidade de bloquear os IPs na Firewall. Utilizando listas publicas conhecidas de IPs da Microsoft, utilizados para recolher dados dos utilizadores, é possível aplicar um bloqueio dos mesmos na firewall do sistema.

Isto evita permanentemente qualquer ligação aos servidores remotos da Microsoft, evitando assim o envio de dados para os mesmos.

 

É, no entanto, importante sublinhar que esta lista não se encontra completa – e a Microsoft altera constantemente o número de servidores e IPs utilizados, pelo que nem sempre poderá encontrar-se atualizada.

A aplicação permite também bloquear algumas funcionalidades adicionais que realizam a ligação aos servidores da Microsoft, como é o caso do OneDrive e o Windows Update - porém, tenha em conta que estes bloqueios podem impedir o sistema de realizar ligações diretas para algumas tarefas, como é o caso da descarga de atualizações do Windows.

 

Porém, em geral, será uma camada adicional para garantir uma maior privacidade.

 

bloqueio ips

 

Por fim, a última função disponível encontra-se sobre a capacidade de desinstalar aplicações nativas do Windows – incluindo a Windows Store. Esta função, no entanto, deve ser utilizada com cuidado. A mesma permite remover praticamente todas as aplicações nativas que se encontram no Windows 10, incluindo a própria Microsoft Store.

Apenas deve remover alguma aplicação que realmente considere desnecessária, sobre possibilidade de perder acesso completa à mesma realizando o processos de desinstalação.

 

remover aplicações nativas windows 10

 

No geral, o WPD é uma excelente ferramenta para garantir uma camada adicional de proteção na privacidade dos utilizadores, dentro do Windows 10. Apesar de não eliminar por completo a recolha de dados, limita consideravelmente o que é enviado e tudo num formato simples de utilizar.

 

O download pode ser feito a partir do site oficial da aplicação, neste link.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech