1. TugaTech » Software » Noticias de Software

Siga-nos

android google play store

 

A Google continua a sua tendência em manter a Play Store um local mais seguro para os utilizadores, apesar dos recentes e repetitivos casos de aplicações maliciosas que são partilhadas na mesma.

 

A mais recente medida irá aplicar-se a todas as apps que necessitem de acesso às mensagens dos utilizadores ou ao histórico de chamadas. Numa recente alteração sobre as políticas da Play Store, a Google anunciou que irá começar a requerer uma verificação extra para todas as aplicações que necessitem de acesso às mensagens SMS dos utilizadores ou ao histórico de chamadas do equipamento.

 

Os programadores que possuam aplicações com estas permissões necessitam de preencher um formulário a requerer a permissão para tal à Google. As aplicações que não realizarem este passo - ou forem rejeitadas por algum motivo - necessitam de remover as permissões de acesso ou poderão ser removidas da loja da Google em conformidade.

De relembrar que esta alteração tinha sido anunciada em Outubro de 2018, com os programadores a poderem requerer as permissões nos últimos 90 dias. No entanto, apenas agora as regras irão começar a ser aplicadas para todas as aplicações disponíveis na loja.

 

As permissões de acesso ao registo de chamadas e de mensagens SMS foi desenvolvido pela Google no Android como forma de permitir aos utilizadores escolherem os seus próprios marcadores ou aplicações de leitura de mensagens. No entanto, ao longo dos anos, também terão sido aproveitadas para esquemas maliciosos e recolha de dados abusivos, o que leva agora a esta limitação.

 

Por entre as aplicações que podem vir a ser afetadas encontra-se apps de marcação de contactos, de leitura de mensagens ou gravação de chamadas.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech