1. TugaTech » Hardware » Noticias de Hardware

Siga-nos

Apple Watch

 

As batalhas nos tribunais da Apple não parecem ser apenas contra a Samsung e a Qualcomm, sendo que foi registada esta semana uma nova acusação contra a empresa relacionada com o Apple Watch.

 

De acordo com o processo apresentado no tribunal de Nova Jersey, nos EUA, a Apple é acusada de indicar avaliações para produtos danificados incorretas sobre modelos do Apple Watch ainda dentro da garantia, com vista a evitar a sua reparação.

De acordo com Gina Priano-Keyser, a Apple encontra-se a enganar os seus consumidores ao fornecer avaliações falsas para a reparação de produtos dentro da garantia, com vista a evitar que os mesmos sejam reparados gratuitamente ou a cobrar um elevado custo para os clientes.

 

O caso terá começado em 2017, quando a filha de Gina Priano-Keyser comprou o seu Apple Watch Series 3. No entanto, em Julho de 2018, o ecrã do dispositivo apresentou vários danos físicos sem que tenha sida aplicada qualquer irregularidade no equipamento por parte da utilizadora.

A Apple terá negado a reparação do produto devido aos danos terem sido considerados como origem pelo cliente, e não se encontrando dentro da garantia.

 

Este caso não é, no entanto, único. Apenas nos EUA existem pelo menos mais 12 casos ativos de produtos da Apple que subitamente deixam de funcionar ou apresentam algum tipo de irregularidade, sendo que a Apple nega a existência de problemas na produção e descarta os mesmos para os clientes. Um dos casos mais comuns passa por problemas na bateria, onde as mesmas apresentam um inchaço anormal que leva a danos físicos nos equipamentos.

 

Como é costume, a Apple não comentou publicamente este caso.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech