1. TugaTech » Hardware » Noticias de Hardware

Siga-nos

Interior de um smartphone

 

Ao longo dos últimos anos, a tecnologia presente nos smartphones tem vindo a evoluir de forma considerável. Se tivermos em comparação os smartphones mais recentes no mercado com os primeiros que começaram a surgir para o publico em geral, é possível encontrar enormes diferenças – algumas das quais pareciam impossíveis no inicio desta era.

 

Sistemas de três câmaras traseiras (ou mais), carregamentos sem fios, ecrãs que ocupam praticamente toda a estrutura do dispositivo... Estas tecnologias eram algo totalmente impensável quando os primeiros smartphones surgiram, mas que estão presentes como algo “normal” hoje em dia.

 

Algo que também tem vindo a evoluir é as tecnologias utilizadas para os sistemas de armazenamento nestes dispositivos. Apesar de todos os smartphones ainda serem baseados na tecnologia de chips flash que se encontrava nos primeiros modelos, a velocidade dos mesmos e capacidade tem vindo a evoluir consideravelmente.

A maioria dos smartphones atuais utilizam como sistema de armazenamento a tecnologia Universal Flash Storage (UFS).

 

> O que é o UFS?

 

O UFS é um standard da industria utilizado para designar sistemas de armazenamento que fornecem ultra rápidos tempos de leitura e escrita em chips, normalmente associados com smartphones, tablets e câmaras digitais.

As principais vantagens desta tecnologia encontram-se no facto de permitir o rápido armazenamento de conteúdos na memoria interna dos dispositivos, utilizando para tal pouca energia – praticamente nula tendo em conta o consumo dos restantes componentes.

 

chips de memória flash

 

O padrão UFS pretende ser uma substituição do tradicional eMMC, que ainda se encontra em muitas câmaras digitais e até smartphones ou tablets. Isto aplica-se sobretudo por serem fornecidas velocidades consideravelmente superiores no UFS.

 

Este aumento de velocidade é possível graças à forma como o UFS armazena os conteúdos na memoria flash. Enquanto que o eMMC é capaz de processar apenas um pedido de armazenamento de cada vez, o UFS realiza este processo de forma assíncrona e em múltiplos pedidos, o que eleva consideravelmente a velocidade de gravação dos conteúdos.

 

No entanto, o eMMC fornece uma forma mais segura de armazenar os conteúdos, com uma taxa de erros mais reduzida – apesar de este ponto ser algo discutível, tendo em conta que erros são raros de acontecer.

 

> O que é UFS 3.0?

 

Em Janeiro de 2018, a JEDEC – entidade responsável por criar o padrão UFS – revelou o novo UFS 3.0. Esta nova versão fornece melhorias a nível da largura de banda e mais que duplica a tradicional velocidade de transferência de dados, além de reduzir o consumo energético.

 

UFS logo

 

A tecnologia começou a ganhar destaque no mercado depois de ter sido revelado que o OnePlus 7 Pro iria ser o primeiro modelo de smartphone comercialmente disponível com a mesma.

Apesar de não receber tanto destaque como as restantes características do smartphone, o UFS 3.0 é um dos maiores contribuintes para garantir o desempenho mais elevado do sistema, tendo em conta que tudo o que esteja armazenado neste protocolo vai ficar mais rápido – e consequentemente, tornam o dispositivo também mais rápido em geral.

 

chips memória flash

 

Como exemplo, o novo padrão permite capturar vídeos 4K ou 8K com uma maior taxa de frames por segundo, sem problemas, quando comparado com os padrões anteriores.

Entre os principais benefícios encontra-se:

  • Tempos de leitura/escrita mais rápidos e melhorias no multitasking das tarefas
  • Redução no consumo de energia
  • Aumento da autonomia dos dispositivos
  • Melhorias na experiência de utilização

 

Apesar de o UFS 3.0 fornecer consideráveis melhorias para os utilizadores, as vantagens podem ou não ser verificadas dependendo de cada utilizador. Na generalidade dos casos, um dispositivo com este padrão no armazenamento deve fornecer uma experiência de utilização mais rápida - mas será pouco notável caso os utilizadores não realizem atividades mais exigentes.

 

Até agora, apenas alguns smartphones de topo começaram a implementar o UFS 3.0 como o padrão de armazenamento – onde se inclui nomes como o Samsung Galaxy Fold, One Plus 7 e OnePlus 7 Pro. É possível que esta lista venha a aumentar nos próximos meses e conforme a tecnologia também se tornar mais acessível para os fabricantes.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech