1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Uber sede

 

A Uber pode vir a perder a sua licença para funcionar num dos países mais importantes para a empresa no mercado Europeu.

 

As autoridades de Londres estão a ponderar retirar a licença da Uber do pais, o que tecnicamente impede a Uber de manter em funcionamento a sua linha de transportes neste local. Segundo as autoridades reguladoras dos Transportes de Londres, a medida surge por vários erros e falhas inaceitáveis da Uber relativamente aos passageiros e ao transporte dos mesmos por condutores sem habilitação para tal.

 

Este é mais um duro golpe na empresa, que em 2017 também teve a sua licença suspensa por alegadas “irresponsabilidades da organização”, nomeadamente no que respeita aos vários casos de assédio e outras ofensas que foram reportadas por parte dos condutores da empresa.

A empresa ainda manteve um acordo para continuar a operar no pais nesta altura, com o prazo de 15 meses e desde que fossem fornecidas informações constantes sobre o funcionamento da plataforma no pais às autoridades.

 

Em Setembro, a empresa terá pedido uma extensão desta licença, com vista a permitir criar medidas para a segurança dos passageiros e que permitissem continuar a operar na normalidade. As autoridades de Londres terão iniciado uma investigação para averiguar se iria ser aplicada esta licença, sendo que as conclusões foram hoje reveladas.

 

Segundo as autoridades, a Uber tem vindo a demonstrar várias falhas e erros críticos na gestão da sua plataforma. Uma das falhas apresentadas encontra-se na capacidade de condutores não autorizadores serem capazes de se inscrever na plataforma sem terem autorização para tal, com a carta de condução de terceiros. A falha tinha vindo a ser reportada para a empresa, mas nunca terá sido totalmente corrigida.

 

Outra falha apontada encontra-se na possibilidade de antigos condutores da Uber terem a possibilidade de abrir uma nova conta e continuarem as suas operações na normalidade, como se não tivessem sido banidos anteriormente da mesma.

 

 

A Uber possui agora 21 dias para apelar desta decisão, sendo que finalizado este período a empresa irá perder a licença de funcionamento no pais e, tecnicamente, deixa de poder realizar os seus negócios no Reino Unido.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech