1. TugaTech » Software » Noticias de Software

Siga-nos

tinder app

 

O Tinder encontra-se a realizar algumas mudanças na sua aplicação que pretendem vir a melhorar a segurança dos utilizadores durante os encontros, fornecendo um “botão de pânico” para possíveis casos de encontros que não corram como o esperado.

 

A empresa mãe do Tinder, a Match, revelou que se encontra a desenvolver um novo sistema de “pânico” para a aplicação, desenvolvido com a ajuda da entidade Noonlight. Esta irá permitir que os utilizadores ativem um botão de pânico em situações onde não se encontrem confortáveis durante um encontro, enviando a sua localização em tempo real para as autoridades.

 

Os utilizadores terão a possibilidade de acionar um botão de pânico, com um PIN único, caso o encontro não corra como o previsto.. Caso o PIN não seja introduzido, um funcionário da empresa Noonlight irá entrar em contacto via chat, e caso não seja obtida uma resposta, será feita uma chamada telefónica para o utilizador. Se ainda assim os utilizadores não atenderem ou realmente indicarem ao operador que necessitam de ajuda, as autoridades são imediatamente acionadas para o local partilhado em tempo real pela app.

 

tinder panico

 

Os dados da localização em tempo real necessitam de ser partilhados com a empresa para que esta funcionalidade funcione, mas a Match afirma que nenhum destes dados irá ser utilizados para fins de marketing ou outras atividades, sendo exclusivamente para garantir o funcionamento do botão de pânico se necessário.

Apesar de ainda existir a possibilidade de serem realizadas ativações involuntárias deste sistema, a Match afirma que é um risco do qual a empresa está preparada a correr, com vista a garantir uma segurança adicional para os utilizadores da aplicação.

 

Além destas funções, os utilizadores que ativem a mesma irão ter no seu perfil um badge a indicar que estão seguros pela funcionalidade, o que espera-se vir a afastar más intenções de outros utilizadores na plataforma.

 

A funcionalidade irá começar a ser testada nos EUA a partir do final de Janeiro. Ainda não existe nenhuma previsão de chegar a outros países.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech