1. TugaTech » Software » Noticias de Software

Siga-nos

Epic games

 

O Android sempre foi conhecido por ser um sistema aberto, onde quem pretenda pode modificar o mesmo para o seu gosto. Isto fez com que o sistema seja também um dos mais populares atualmente disponíveis para smartphones.

 

No entanto, para o CEO da Epic Games, isso não é exatamente verdade. Tim Sweeney deixou recentemente duras criticas ao desenvolvimento do Android – passando também pela Apple e o iOS – mas na base encontra-se o facto que o Android não é um sistema tão livre como muitos consideram.

 

Durante a Cimeira DICE 2020, o executivo revelou que as plataformas moveis atualmente disponíveis para os consumidores, nomeadamente o Android, criam uma falsa sensação de liberdade junto dos fabricantes, sendo que a Google e a Apple possuem atualmente um monopólio no mercado sobre os sistemas operativos para smartphones e tablets.

Não existem dúvidas que o iOS e Android são dois dos sistemas mais utilizados em dispositivos moveis da atualidade, e para o executivo da Epic Games, isso é um problema.

 

Sweeney afirma que pretende tomar a sua posição no mercado dos videojogos para favorecer uma maior liberdade aos jogadores. Um dos exemplos é exatamente o titulo do Fortnite, que não se encontra disponível na Play Store da Google – e com as suas razões. A loja de aplicações da Google cobra um valor consideravelmente elevado por todos os pagamentos feitos dentro do seu ecossistema, pelo qual todas as apps necessitam de se reger. Isto iria contra o objetivo do executivo e diminuiria a receita em geral do jogo.

 

epic games

 

A Epic Games tem vindo a tentar integrar o Fortnite na Play Store, mas isso iria exigir à Google alterar o seu plano atual de comissões, algo que não deve acontecer tão cedo.

Sweeney afirma ainda que existem várias medidas implementadas pela Google para desencorajar a instalação de apps fora do ecossistema da empresa, como é o caso de alertas do próprio Android e passos adicionais que necessitam de ser feitos para permitir essa tarefa.

 

No final, todos estes passos são pequenos controlos que a Google aplica sobre o sistema para incentivar o uso da sua própria loja, invés de terceiros ou diretamente.

No iOS a situação é consideravelmente pior, tendo em conta que não existe forma para os programadores fornecerem apps sem ser diretamente pela App Store. Qualquer tentativa fora disso é totalmente proibida nos sistemas da Apple, dando mais controlo à empresa e, no final, mais receitas também.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech