1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Cisco

 

Um ex-funcionário da Cisco foi declarado culpado de aceder á infraestrutura cloud da empresa em 2018, cinco meses depois de ter sido despedido da empresa, com o objetivo de lançar código malicioso nos sistemas para prejudicar a marca.

 

Sudhish Kasaba Ramesh foi acusado de ter acedido à sua conta de funcionário da Cisco a 24 de Setembro de 2018, cinco meses depois de ter sido despedido da empresa. O então ex-funcionário terá acedido com o objetivo de eliminar contas de aproximadamente 16000 utilizadores da WebEx Teams e mais de 456 servidores virtuais da empresa.

 

Ramesh admitiu em tribunal ter acedido ao sistema da empresa com o objetivo de aceder à plataforma do Google Cloud, onde a Cisco possui os seus serviços. A partir dai, foi realizada a eliminação de 456 máquinas virtuais que estariam em uso pela empresa nos vários serviços da WebEx Teams.

 

No entanto, a Cisco afirma que nenhuma informação dos clientes da empresa foi comprometida, apenas os dados existentes foram removidos dos sistemas eliminados. A empresa sublinha ainda que terão sido gastos mais de 2,400,000 de dólares em pagamentos aos clientes afetados e aos funcionários que tiveram de restaurar o acesso aos serviços da marca.

 

Derivado das suas ações, e tendo em conta que a atitude do ex-funcionário foi feita como vingança pelo despedimento, o tribunal encontra-se agora a ponderar aplicar uma coima de 50.000 dólares, pena de prisão até cinco anos e ainda a retirada do visto de trabalho nos EUA.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech