1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

LinkedIn logo parede

 

Recentemente surgiram rumores de que o LinkedIn poderia estar envolvido em mais um grande leak de dados dos seus utilizadores. Isto surgiu depois de ter sido revelada a descoberta de uma base de dados com mais de 500 milhões de utilizadores do LinkedIn, disponível para compra em sites da dark web.

 

Para provar a veracidade do leak, os hackers que colocaram o mesmo à venda estariam ainda a disponibilizar uma amostra de 2 milhões de perfis, sendo que alguns especialistas indicaram que os dados eram verdadeiros.

 

No entanto, agora o LinkedIn veio deixar os seus comentários sobre o caso, indicando que os dados à venda não serão válidos, e aparentam ser uma recolha de outras leaks que foram divulgadas ao longo dos anos, e que estão agora conjugadas numa única lista de maiores dimensões.

 

Segundo a rede social, a lista de dados revelada aparenta possui informação que se encontra publicamente acessível para os utilizadores do LinkedIn, e que foi conjugada com dados de outras leaks de diferentes empresas e plataformas, criando no final a lista de maiores dimensões.

 

De relembrar que a plataforma já tinha confirmado que esta lista era diferente da encontrada do Facebook, já que os dados existentes na mesma não aparentavam ter sido recolhidos de forma ilícita, e toda a informação encontrava-se publicamente acessível nos perfis dos utilizadores – sendo que depois era conjugada com outras leaks para alargar os dados fornecidos dos utilizadores.

Nenhum comentário.

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech