1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Google vacina contra a COVID

 

Com o agravar da pandemia em muitos países, várias empresas encontram-se a aplicar as suas próprias regras internas relativamente ao COVID e sobretudo à vacinação. No entanto, no caso da Google, a empresa parece estar focada em evitar situações de contágio nos seus escritórios.

 

Num memorando interno enviado para os seus funcionários, a Google afirma que quem não seguir as regras de vacinação poderá ser eventualmente despedido.

Segundo revela o portal CNBC, a Google encontra-se a notificar todos os seus funcionários para o facto que necessitam de fornecer as provas de vacinação contra a COVID, ou um documento em que comprove a nível de saúde ou religioso o motivo para não se tomar. Na falta de apresentação destes documentos, a Google pode proceder com despedimentos.

 

Os documentos devem ser apresentados até ao dia 18 de Janeiro de 2022, e aplica-se a todos os funcionários da empresa. Estas regras, no entanto, não surgem diretamente da Google mas por obrigação legal do Governo dos EUA, que recentemente aprovou uma nova legislação para o processo de vacinação.

 

De notar que tanto a legislação dos EUA como agora a medida da Google estão a receber algumas críticas de certas partes, sobretudo tendo em conta o aspeto forçado da vacinação que as mesmas obrigam. No entanto, é importante sublinhar que a vacinação contra a COVID ainda é atualmente o melhor método existente para prevenir casos graves da infeção e a sua transmissão.

Nenhum comentário

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech