1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.


O antigo porta-voz da WikiLeaks admite, numa entrevista a revista alemã Der Spiegel, ter apagado diversos documentos confidenciais do site, de forma a proteger as suas fontes.


De entre os documentos eliminados estaria uma lista de pessoas impedidas de utilizarem os meios aéreos para saírem e entrarem nos EUA.

A WikiLeaks já confirmou estas declarações, através da sua conta no Twitter, revelando ainda à BBC que mais de 5GB de informação relativa ao Bank of America, mensagens trocadas entre organizações neo-nazis e mensagens de inúmeras empresas interceptadas pelos EUA foi igualmente apagada.

Julian Assange terá também emitido um comunicado em que acusa o antigo porta-voz de sabotagem e tentativa de chantagem.


Depois de ter abandonado a WikiLeaks, Daniel Domscheit-Berg escreveu um livro sobre o tempo que passou na organização, e criou outro site semelhante a WikiLeaks, o Openleaks







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech