1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.



O anúncio foi feito pelo presidente da empresa, Zeinal Bava, no jantar de Natal da empresa. A Portugal Telecom vai dar a todos os seus trabalhadores, até final do ano, um prémio extra de 1.200 euros.

A compensação é um prémio pela venda da Vivo, que rendeu à empresa 7,5 mil milhões de euros, como relata o Jornal de Negócios. A remuneração extraordinária será paga até final do ano e não impede a atribuição de outros prémios anuais, habitualmente entregues pela empresa para premiar o desempenho dos seus colaboradores.

De sublinhar que a remuneração extraordinária será apenas pagas aos colaboradores, deixando de fora a administração da empresa, de acordo com a informação disponibilizada pelo presidente da empresa.

Entretanto, ficou também a saber-se que a Portugal Telecom já negoceia com interessados a venda da posição que detém no maior portal de Internet da América Latina, o UOL.

Há dias o Diário Económico publicava que a Portugal Telecom poderia ser obrigada a vender a posição que detém no portal, com a entrada no capital da Oi, que detém o maior concorrente da plataforma.

O diário avança agora que o grupo Folha estará a negociar com a PT a aquisição da sua posição no UOL, pela qual está disposto a pagar 140 milhões de euros. O grupo Folha detém activos como o jornal Folha de São Paulo e já controla 54,87 por cento do portal Internet UOL.

As negociações estão em marcha mas as partes ainda não chegaram a acordo, assegura o Económico, até porque existem outros interessados na posição da PT, que controla 29 por cento daquele activo.

Ainda sobre a nova estratégia da PT para o Brasil, circulava ontem a notícia de que a entrada da empresa no capital da Oi, que surgiu como alternativa à manutenção de uma presença no mercado brasileiro depois da venda da posição na Vivo à Telefónica, pode ser adiada.

O possível adiamento está relacionado com a resolução de uma questão técnica levantada por uma reclamação de um grupo de accionistas minoritários da Oi. Estes accionistas têm dúvidas relativamente à forma como foi avaliada a Invitel, casa-mãe da Brasil Telecom, empresa comprada pela Telemar e integrada no grupo Oi em 2008.

A questão levantada pelos pequenos accionistas será resolvida na Assembleia-geral da empresa que foi adiada por um prazo de pelo menos 15 dias, o que pode atrasar também a entrada da PT no capital da empresa.


Sapo TEK







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech