1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.

router

 

Ao longo dos últimos meses tem vindo a assistir-se a um aumento considerável no número de ataques violentos, sobretudo nos EUA, que infelizmente causam muitas vezes vitimas. Enquanto alguns meios de imprensa e políticos encontram-se a tratar de melhorar as leis sobre a pose de armas, alguns investigadores encontram-se a trabalhar para desenvolverem novos sistemas que permitam detetar antecipadamente estes casos.

 

Recentemente, um conjunto de investigadores da Universidade de New Brunswick, Indianapolis e Binghamton revelaram uma nova forma de identificar engenhos perigosos através da utilização de redes wifi.

Este novo sistema seria capaz de identificar bombas, armas e outros engenhos explosivos utilizando apenas as redes wifi atualmente existentes. Para este fim, os investigadores utilizaram a rede wifi para identificar primeiro objetos com possíveis conteúdos danosos – como metal ou líquidos. Em seguida, é utilizada a frequência da rede para identificar se os mesmos podem ser perigosos para o público ou não, bem como determinar o tipo de material em questão.

 

Este meio pretende ser uma forma menos invasiva da privacidade para detetar os possíveis materiais perigosos. Como exemplo, os investigadores relatam o caso da escola de Parkland, onde os alunos foram forçados a transportar malas transparentes e onde fosse possível ver o conteúdo das mesmas, mas também é uma grave violação da privacidade.

 

detetar materiais

 

Segundo os estudos, este sistema seria capaz de detetar materiais suspeitos com uma taxa de sucesso na casa dos 95%, e detetar materiais líquidos ou de metal com 97% de exatidão sobre 15 materiais diferentes.

 

No entanto, os testes deste sistema ainda se encontram numa fase bastante inicial, pelo que deverá demorar algum tempo até ser algo passível de se implementar em forma pública.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech