1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.

tim cook

 

Desde que foi relevado a história de supostos chips espião integrados em várias motherboards da SuperMicro, e que estariam a ser utilizadas em servidores da Apple, a empresa manteve-se reticente sobre prestar declarações. Apesar de ter emitido um comunicado, algo que por si só será invulgar nestas situações, a empresa considera a revelação da Businessweek como incorreta.

 

A história também tem sido bastante debatida nos últimos dias, com várias fontes a afirmarem que não existem provas concretas que levem a crer para a existência de um chip das autoridades chinesas, colocado para espiar entidades norte-americanas.

 

Pela primeira vez desde a revelação deste caso, Tim Cook quebrou o silencio e deixou algumas informações ao portal BuzzFeed News. Segundo o CEO da Apple, o relatório criado pela Bloomberg Businessweek é falso e não existem indícios que a empresa esteja envolvida em algum tipo de espionagem estrangeira.

 

O executivo sublinha mesmo que, em várias ocasiões, esteve presencialmente com vários editores responsáveis pelo lançamento da história, e em cada ocasião esta mudava ligeiramente nos detalhes sem que nunca tivessem sido encontradas provas concretas sobre a referida espionagem. “Viramos a empresa do avesso”, afirma Tim Cook ao referir que foram analisados emails, relatórios, servidores e sistemas internos, tudo sem encontrarem qualquer indicio do que era referido.

 

A Apple levou este relatório com bastante frontalidade, sobretudo por envolver uma suposta quebra de privacidade para com utilizadores da plataforma. Para a empresa, o Businessweek devia rever atentamente a história publicada e as acusações.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech