1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Realize o Login na sua conta ou Registe-se para participar.

google pesquisa marca logo

 

A Google utiliza vários mecanismos para apresentar o máximo de resultados personalizados possíveis aos utilizadores, desde anúncios visualizados a pesquisas feitas, passando também pelo histórico de localização. Apesar de ser possível desativar algumas destas funções de personalização, a tarefa tem vindo a revelar-se cada vez mais difícil nos últimos tempos.

 

De acordo com um recente estudo publicado pelo motor de pesquisa DuckDuckGo, a personalização de conteúdos na Google não pode ser evitada de todo, mesmo que o utilizador saia da sua conta na plataforma ou utilize um navegador totalmente diferente e anónimo.

 

O estudo centrou-se nas eleições dos EUA realizadas em Junho deste ano, onde a empresa aponta que os resultados de pesquisa do Google são alternados com base nas ideias políticas de cada utilizador – o que se baseia em diversos pontos de recolha durante a navegação dos utilizadores pela Internet.

De sublinhar, no entanto, que o estudo pode ser considerado meio inválido, tendo em conta que o DuckDuckGo é uma plataforma de pesquisa rival da Google e possui certamente todas as vantagens em sublinhar falhas no sistema da gigante da Internet. Apesar disso, este estudo ainda continua a ser interessante para demonstrar como a empresa modifica os resultados com base nas recolhas feitas para cada utilizador.

 

DuckDuckGo afirma ter realizado um conjunto de testes sobre diferentes termos específicos, e sobre diferentes utilizadores dispersos nos EUA. Os resultados apontam que, mesmo quando estes utilizadores estão com as suas contas desligadas e realizam pesquisas sobre um termo ao mesmo tempo, os resultados continuam a tender para apresentar resultados personalizados – possivelmente com base em diversos outros dados que são recolhidos e não são do conhecimento público.

 

Todos os intervenientes no teste foram apresentados com resultados diferentes, e a grande maioria com tendência a apresentar conteúdos que vão ao encontro do que seria de esperar na personalização de conteúdos nas pesquisas.

 

pesquisa google personalização resultados

 

Em resumo final, este estudo aponta o mais importante: que não existe uma forma real de fugir dos mecanismos de personalização da Google, sendo que estes irão continuar a tentar apresentar resultados personalizados o melhor possível para cada utilizador. Apesar de isto não ser algo mau de todo num sistema de pesquisa, também deixa algumas questões para os mais interessados a nível da privacidade online e sobre o controlo que possuem dos seus dados em gigantes como a Google.

 

Em resposta, a Google não comenta o estudo diretamente, tendo em conta que o DuckDuckGo não forneceu o mesmo de forma completa à empresa. Porém, em comunicado ao portal The Verge, um porta voz da Google afirma que os resultados de pesquisa podem variar consideravelmente ao longo do dia, por vezes até ao segundo. Com isto, uma pesquisa feita sobre um determinado termo – sobretudo associados com noticias em vigor – pode levar a substanciais alterações nos resultados apresentados para cada utilizador.

 

Além disso, a personalização da pesquisa não é algo que a Google tenha ocultado realizar. Desde pelo menos 2009 que é conhecido métodos que a Google implementa para monitorizar as atividades dos utilizadores em diferentes sistemas, mesmos quando estes estão totalmente desligados das suas contas online na plataforma.

Nos últimos anos, no entanto, a empresa tem vindo a distanciar-se da personalização nos resultados de pesquisa, apesar de ainda manter esta funcionalidade em serviços como o Google Assistente e o Gmail.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechBlog TugaTechBlog do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech