1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Youtube

 

O YouTube encontra-se novamente a planear mudanças para os Termos de Serviço da plataforma, e as mais recentes tem vindo a causar controvérsia por permitirem que canais da plataforma sejam banidos caso sejam considerados “pouco rentáveis”.

 

A alteração foi aplicada nas mudanças dos termos da plataforma do passado dia 10 de Novembro, e devem ser aplicadas a partir do inicio de Dezembro. Segundo os novos termos, o YouTube afirma que não possui obrigação para armazenar os vídeos dos utilizadores, e como tal estes conteúdos podem ser removidos caso a plataforma assim o pretenda.

 

Nos termos desta, os utilizadores que estejam a utilizar a plataforma para partilha de vídeos mas não sejam vistos como “comercialmente viáveis” podem agora ter as suas contas bloqueadas e conteúdos removidos.

 

Os termos não são claros sobre o que é considerado como sendo uma conta “comercialmente rentável”, mas tudo leva a crer que as contas da plataforma que estejam a alojar um elevado volume de vídeos, mas não sejam rentáveis a nível de publicidade podem vir a ficar em risco.

 

A medida pode vir a causar impacto em pequenos criadores, que poderão ter as suas contas e vídeos permanentemente removidos da plataforma se, por alguma razão, a entidade não pretender alojar os mesmos. Esta medida também tem vindo a ser criticada por não permitir uma liberdade de expressão sobre os conteúdos partilhados.

 

termos youtube

 

Em comunicado ao portal TechSpot, um representante do YouTube afirma que os termos de serviço não vão mudar do que está atualmente em prática, e que todas as regras foram apenas rescritas para serem mais facilmente visíveis para os utilizadores finais, deixando de lado termos complicados ou longas descrições muitas vezes envoltas em palavreado legal.

 

No entanto, face à alteração, o que se acredita é que a plataforma pretende manter um maior controlo sobre os vídeos que podem ou não ser publicados, o que em parte tem vindo também a ser uma exigência de algumas entidades externas – como é o caso de todos os problemas que surgem com o Artigo 13 na UE.

Os novos termos irão entrar em vigor a partir do dia 10 de Dezembro.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech