1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Placa do qanon

 

O grupo de conspirações QAnon tem vindo a marcar presença em várias redes sociais, com grande impacto nos EUA e sobretudo em tempos de eleições. Até agora, o Facebook tinha vindo a manter a politica de remover conteúdos relacionados com este grupo de imediato – como grupos ou páginas a partilharem conteúdo do mesmo, a grande maioria relacionado com violência e atos que violam os termos da plataforma.

 

Mas parece que o Facebook chegou ao fim da linha para com este grupo, tendo agora anunciado que irá banir qualquer género de conteúdo criado por grupos QAnon, mesmo que este não esteja imediatamente a partilhar conteúdo violento na plataforma.

De acordo com o comunicado da rede social, serão removidas páginas, grupos e contas do Instagram que representem de alguma forma o Qanon, mesmo que estas não possuam conteúdo considerado como violento.

 

Além disso, a rede social refere ainda que a medida irá ser aplicada de forma automática usando as ferramentas que a plataforma possui ao seu dispor. Ou seja, os conteúdos não serão apenas removidos tendo como base os alertas de outros utilizadores, mas a própria plataforma vai analisar cada caso de conteúdo partilhado por este grupo para remover os mesmos automaticamente.

 

Esta é a mais recente medida do Facebook para combater a partilha de conteúdos de conspiração, relembrando que este grupo foi considerado pelo FBI como uma ameaça para a comunidade em geral. A rede social já tinha vindo a tomar pequenas medidas para combater a propagação de teorias e conspirações do grupo nos últimos meses, mas desta vez a medida será consideravelmente mais drástica.

 

A plataforma refere que as medidas que tinham vindo a ser tomadas até agora resultaram na remoção de centenas de páginas e grupos, bem como da remoção de milhares de conteúdos partilhados nos mesmos sobre teorias. No entanto, a rede social também refere que as medidas não foram suficientes para impedir que os conteúdos continuassem a ser propagados nos mais variados formatos – e em parte, o próprio algoritmo do Facebook pode ter ajudado a partilhar este género de conteúdos.

 

De relembrar que o grupo Qanon é bem conhecido por ser uma fonte de propagação de falsas notícias e conteúdos relacionados com vacinação e a pandemia em geral, fonte muitas vezes de teorias que colocam em perigo os utilizadores, com campanhas de desinformação em larga escala.







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech