1. TugaTech » Software » Noticias de Software

Siga-nos

Xiaomi harmonyos Android

 

A Huawei continua a passar por tempos complicados no que respeita ao mercado de dispositivos móveis, com o bloqueio nos EUA que impedem a empresa de ter acesso aos serviços da Google nos seus dispositivos.

 

Para tentar contornar este problema, a Huawei tem vindo a indicar o HarmonyOS como uma forte alternativa ao tradicional Android para o futuro dos seus dispositivos. Espera-se que os primeiros dispositivos com o HarmonyOS venham a surgir pela mão da Huawei em meados de 2021.

 

No entanto, surge agora a possibilidade que mais fabricantes de smartphones possam vir a deixar de lado o uso do Android, e a Xiaomi pode ser uma que está a ponderar isso mesmo. Obviamente, ainda não existe nada em concreto que a mudança venha a ocorrer, mas parece que a Xiaomi está a analisar se deve lançar futuros dispositivos com o sistema baseado no HarmonyOS em vez de usar o Android tradicional – como acontece até agora.

 

Recentemente, um moderador dos fóruns de suporte da Xiaomi iniciou uma nova questão para a comunidade, de forma a analisar se a Xiaomi deveria começar a adaptar as suas builds para deixar de lado o Android e passar a basear-se no HarmonyOS.

 

Curiosamente, um vasto conjunto de utilizadores demonstram que a mudança do Android para o HarmonyOS poderia ser benéfica, sendo indicados pontos como o facto da Apple e a Google controlarem em larga escala o mercado das apps, e que uma competição direta ao mesmo seria benéfico para o mercado a longo prazo.

 

pontos contra e a favor

 

Outro ponto a favor da mudança encontra-se sobre as questões de segurança e privacidade com a Google. De tempos a tempos surgem relatos de falhas graves a nível do Android que raramente são corrigidas em versões mais antigas do sistema ou num vasto conjunto de equipamentos, para não falar nas apps maliciosas que chegam a entrar na Play Store.

 

Já para quem se opõe a esta ideia, um dos principais motivos para tal encontra-se no facto que a Google, que se queira quer não, tem vindo a ser um foco central para muitos smartphones e utilizadores, e como tal a mudança drástica de sistema poderia acabar por prejudicar quem se baseia fortemente nos serviços e produtos da empresa – incluindo o próprio Android.

 

votação atual

 

Obviamente, esta questão será algo que existem dois lados de discussão. Nada indique que a Xiaomi venha realmente a deixar de lado o Android, mas será certamente interessante analisar o futuro que a empresa espera aplicar.

Qual a sua opinião? Compraria um smartphone da Xiaomi se estivesse baseado no HarmonyOS? Deixe o seu comentário!







Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech