1. TugaTech » Internet e Redes » Noticias da Internet e Mercados

Siga-nos

Intel processador

 

A Intel está agora a dever uma elevada quantidade de dinheiro para uma empresa que não se ouvia no mercado faz mais de 20 anos. Recentemente a empresa foi condenada ao pagamento de 2.18 mil milhões de dólares por infringir duas patentes da VLSI Technology.

 

De acordo com o portal Bloomberg, a VLSI Technology esteve mais de duas décadas sem atividade, mas renasceu em finais de 2019 especificamente para processar a Intel por alegadas violações de patentes. A última vez que a VLSI Technology esteve no ativo foi em 1999, quando a Philips adquiriu a mesma por mil milhões de dólares, tendo depois terminado a atividade da empresa e repartido as suas patentes pela Philips e NXP.

 

Em causa estariam patentes relacionadas com os processadores, sendo que a VLSI Technology foi acordada especificamente para lançar o processo contra a gigante dos processadores. Em sua defesa, a Intel também sublinhou esta medida, afirmando que a marca esteve no inativo durante mais de duas décadas e surge agora apenas para processar a marca.

 

O júri responsável pelo caso, no entanto, considerou que a Intel realmente violou duas das três patentes que estavam em casa, tendo sido agora obrigada ao pagamento de 2.18 mil milhões de dólares à VLSI Technology.

 

De notar que este não é o único caso da VLSI Technology contra a Intel, sendo que nos tribunais ainda se encontram em análise outros relacionados também com o uso indevido de patentes.

Nenhum comentário.

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech