1. TugaTech » Software » Noticias de Software

Siga-nos

Android vs iOS

 

Não é propriamente uma surpresa que a maioria dos smartphones recolhem vária informação relacionada com os seus utilizadores, e onde a mesma é enviada para as respetivas empresas associadas não só com o dispositivo, mas também com o sistema operativo – neste caso a Apple e a Google.

 

Com isto, os sistemas são capazes de ter uma informação bastante clara sobre cada dispositivo e cada utilizador, que são usados para os mais variados fins. No entanto, um recente estudo demonstra exatamente qual a quantidade de dados enviada para as respetivas empresas em cada sistema.

 

De acordo com um estudo realizado pelo professor Doug Leith da Trinity College em Dublin, foi analisado os dados de telemetria que tanto o Android como iOS enviam para as respetivas empresas associadas com os mesmos: a Google e a Apple. Segundo o estudo, o sistema da Google envia até 20% mais de informação sobre o utilizador do que o verificado no iOS.

 

Ambos os sistemas enviam, logo no primeiro arranque, várias informações para as respetivas empresas relacionadas com o dispositivo. Isto até até do utilizador ter introduzido qualquer conta de utilizador ou dado permissão para qualquer recolha de dados. O simples facto de ligar o sistema é meio para iniciar a recolha de dados.

 

Segundo o estudo, o Android envia cerca de 1MB de dados para os servidores da Google no primeiro arranque, enquanto que o iOS envia apenas 45Kb para os sistemas da Apple. Além disso,  e tendo como base apenas os utilizadores nos EUA, estima-se que a Google receba mais de 1.3TB de dados dos utilizadores do Android a cada 12 horas, enquanto que no mesmo período a Apple recebe apenas 5.8GB de dados.

 

É importante também notar que o estudo foi realizado sobre um Google Pixel 2 com a versão mais recente do Android 10, e no caso da Apple foi usado um iPhone com iOS 13.6.1 – o qual foi aplicado com jailbreak para se poder monitorizar todas as ligações realizadas.

 

No entanto, a Google foi uma das que criticou a metodologia de teste aplicada pelo estudo. Em parte, a empresa afirma que existem falhas na forma como foi monitorizado o envio de dados, e que praticamente qualquer dispositivo ligado à Internet realiza o envio de informação básica para análise e estatística – e que essa informação pode ser consideravelmente larga em certos casos. A empresa aponta ainda falhas na forma como a captura de tráfego foi realizada, indicando que o tráfego UDP/QUIC não foi contabilizado.

 

Nenhum comentário.

Seja o primeiro!





Aplicações do TugaTechAplicações TugaTechDiscord do TugaTechDiscord do TugaTechRSS TugaTechRSS do TugaTechSpeedtest TugaTechSpeedtest TugatechHost TugaTechHost TugaTech